OPINIÃO POLÍTICA | Matilde Batalha – Uma proposta que faz (todo) sentido

Uma proposta que faz (todo) sentido No passado 28 de fevereiro o Pessoas – Animais – Natureza PAN apresentou à Assembleia Municipal de Mafra a recomendação para a criação do Gabinete Municipal de Apoio ao Cidadão com Deficiência. O objetivo primordial deste gabinete seria efetuar um levantamento exaustivo da condição psíquica, familiar, social e económica dos cidadãos e cidadãs com limitações visuais, auditivas e físicas, das pessoas cegas e surdas e das pessoas incapazes de se movimentarem. Assim, poder-se-ia determinar as necessidades concretas para a sua vida particular e para…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | Matilde Batalha – Dia da Criança sem copos descartáveis

Dia da Criança sem copos descartáveis   Foi com agrado que vimos este ano nas comemorações do dia da Criança, no Parque Desportivo Municipal José Ministro dos Santos, ser-nos entregue à entrada do evento um copo reutilizável. Uma escolha ecológica que terá evitado que muito plástico tivesse sido usado. A guerra ao plástico descartável deve ser uma preocupação de todos e todas nós, cidadãos e cidadãs, indústria e comércio, legisladores e decisores políticos. Individualmente todos e todas devemos ser estimulados a fazer escolhas conscientes e responsáveis. É essencial desenvolver um…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | Matilde Batalha – Circo sem animais em Mafra

Circo sem animais em Mafra   No passado fim-de-semana, entre 18 e 20 de Maio o circo esteve em Mafra, na zona da Quinta das Pevides. O Royal Circus – Circo Chen, um circo sem animais. Já não é a primeira vez que acontece um circo sem animais vir atuar em Mafra e esperemos que não seja a última. Aliás, esperemos que apenas estes circos, com recurso às artes circenses realizadas exclusivamente por seres humanos, venham a Mafra. Um circo que apresente homens e mulheres a exibir o seu amor…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | Matilde Batalha – Garraiadas e a violência das palavras

Garraiadas e a violência das palavras   No próximo dia 10 de Maio vai ser realizada uma Garraiada Solidária, como evento de angariação de fundos para construção do novo quartel dos Bombeiros Voluntários da Malveira. As garraiadas e vacadas ocorrem no Concelho de Mafra também nas festividades de algumas localidades.   Os animais envolvidos nestes espetáculos e quaisquer eventos tauromáquicos (tais como corridas de touros, largadas, etc.) são seres sencientes, capazes de sentir emoções. São seres dotados de interesses e necessidades inerentes à sua condição. O atual estatuto jurídico do…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | Matilde Batalha – Caminhando no sentido de uma maior Proteção dos Animais

Caminhando no sentido de uma maior Proteção dos Animais   A Câmara Municipal tem um importante papel no que diz respeito à proteção animal, sendo da sua competência, entre outras, a captura e recolha de animais errantes. A lei 27/2016 de 23 de Agosto veio proibir o abate de animais como medida de controlo da população, sendo a esterilização a medida mais eficaz e ética para o efeito. Esta lei veio também referir a necessidade de implementação de programas de Captura, Esterilização e Devolução (CED) de colónias de gatos. As…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | Matilde Batalha – As Propostas do PAN na próxima Assembleia Municipal

As Propostas do PAN na próxima Assembleia Municipal   No próximo dia 12 de Abril irá decorrer a segunda sessão ordinária de 2018 da Assembleia Municipal de Mafra. O Pessoas- Animais- Natureza PAN irá apresentar algumas propostas. A primeira tem a ver com a possibilidade de qualquer cidadão ou cidadã poder assistir no conforto do seu lar, ou no local onde se encontre, às sessões da Assembleia Municipal. Em plena era de informação e tecnologia estão reunidas as condições para que as pessoas possam assistir às sessões da Assembleia Municipal…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | Matilde Batalha – Porque chumbar uma proposta de Combate ao Lixo Marinho?

Porque chumbar uma proposta de Combate ao Lixo Marinho?   Tendo o mar uma importância estratégica, económica e patrimonial para o nosso território, o Pessoas – Animais – Natureza (PAN) deu entrada na Assembleia Municipal de Mafra, de 28 de fevereiro de uma proposta para a implementação de uma estratégia de ação de combate ao lixo marinho. Desta estratégia fazia parte a extensão do serviço de limpeza urbana à linha de costa do concelho durante todo o ano como medida de combate ao lixo marinho, um dos mais sérios problemas…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | Matilde Batalha – (In)Tolerâncias Alimentares

(In)Tolerâncias Alimentares   Em pleno século XXI, depois de um trabalho notório no que concerne à luta contra inúmeras formas de discriminação, tem-se assistido nos últimos anos a um novo preconceito relacionado com as preferências alimentares de cada um. A comida, que tem como finalidade social juntar pessoas, promover o diálogo e o convívio, tornou-se a nova arma de arremesso da intolerância para com os outros. O que deveria ser uma fonte de união é por vezes motivo de atritos e de desgaste das relações entre pares. A ridicularização e…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | Matilde Batalha – Animais nos Restaurantes: E agora?

Animais nos Restaurantes: E agora?   Nas últimas semanas foram muitos os comentários alarmistas e até noticias um pouco sensacionalistas sobre a nova lei que permite a permanência de animais em estabelecimentos de restauração. Tranquilizem-se os proprietários(as). Esta é uma lei que não tem um caracter vinculativo, ou seja, os proprietários(as) não são obrigados(as) a permitir a entrada de animais nos seus estabelecimentos. Então o que muda?  Trata-se de uma lei que traz liberdades a ambas as partes, aos proprietários(as) e aos clientes. Os(as) proprietários(as) podem decidir se os animais…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | Matilde Batalha – Moedas sociais

Ao falarmos em dinheiro, automaticamente, pensamos em euros, mas a moeda da sociedade capitalista tem assistido à explosão das designadas “moedas sociais”: moedas criadas numa comunidade, com limitação geográfica, para fomentar a troca entre bens e serviços no seu seio, promover a economia local e reduzir as desigualdades sociais provocadas pelas moedas tradicionais. O fenómeno das moedas sociais, tal como hoje são conhecidas, iniciou-se nos anos 80 e tiveram uma explosão nos anos 90. Em Portugal, só há cerca de 10 anos surgiram as primeiras, mas com o crescimento que…

Ler mais