Cronologia 25 Abril 1974 || 25 de Abril – 20h05

    É lida, através dos emissores do RCP, a Proclamação do Movimento das Forças Armadas. “O Movimento das Forças Armadas, que acaba de cumprir com êxito a mais importante das missões cívicas dos últimos anos da nossa História, proclama á Nação a sua intenção de levar a cabo, até á sua completa realização, um programa de salvação do País e de restituição ao Povo Português das liberdades cívicas de que vem sendo priva.”     [Fonte: Centro de Documentação 25 de Abril] Siga-nos nas redes sociais

Ler mais

Cronologia 25 Abril 1974 || 25 de Abril – 20h00

  Da sede da Rua António Maria Cardoso, agentes da PIDE/DGS disparam sobre manifestantes que se concentraram junto ao edifício. Registam-se 4 mortos e 45 feridos. Fernando dos Reis, Fernando Gesteiro, João Arruda e José Barnetto foram as vítimas mortais da Revolução de Abril, em frente à sede da PIDE. O mais novo tinha 18 anos, o mais velho 37.   [Fonte: Centro de Documentação 25 de Abril/ Imagem arq. AML]   Siga-nos nas redes sociais

Ler mais

Cronologia 25 Abril 1974 || 25 de Abril – 16h30

  Depois de expirar o prazo inicial para a rendição anunciado por megafone pelo capitão Salgueiro Maia (1) e de negociações, Marcello Caetano anuncia rendição e pede que um oficial do MFA de patente não inferior a coronel se apresente no quartel. (1) “Atenção Quartel do Carmo, atenção quartel do Carmo. Damos 10 minutos para  se renderem. Toadas as pessoas que ocupam o quartel devem sair desarmados e com as mãos no ar. Se não saírem destruiremos o edifício” [Fonte: Centro de Documentação 25 de Abril e Lisboa Antigamente]  …

Ler mais

Cronologia 25 Abril 1974 || 25 de Abril – 12h30

  As tropas de Salgueiro Maia cercam o Largo do Carmo e recebem ordens para abrir fogo sobre o Quartel da GNR para obter a rendição de Marcello Caetano. Além do presidente do Conselho, no quartel estão mais dois ministros do seu Governo. Vivem-se momentos de tensão no largo, onde centenas de pessoas acompanham os acontecimentos.   [Fonte: Centro de Documentação 25 de Abril] Siga-nos nas redes sociais

Ler mais