Crónica de Jorge C Ferreira | Esta mania de escrever

  Esta mania de escrever por Jorge C Ferreira   A escrita feita desejo. O desejo feito livro. Um escrever que as semanas e os dias vão ditando. As mãos que tremem. As teclas que se queixam. Crónicas, pensamentos, invenções. O caso que acontece à nossa frente. O acaso. Alguém que passa. Uma frase que se ouve. Tudo serve para escrever um texto. Tudo serve para que o sonho aconteça. Muitas vezes aponto uma ideia que me surge, num bloco, no telemóvel, ou tento memorizar. A memória a ficar cheia.…

Ler mais

Apresentação do livro “O MUNDO E UM PÁSSARO (crónicas)” de Jorge C Ferreira

  No próximo sábado, 3 de dezembro, irá decorrer em Lisboa o lançamento da obra “O MUNDO E UM PÁSSARO (crónicas)” de Jorge C. Ferreira. Jorge C. Ferreira publica, desde 2014, uma crónica semanal no Jornal de Mafra, sendo algumas dessas crónicas que dão agora origem a este novo livro do autor. A apresentação da obra estará a cargo da consagrada escritora e também cronista do Jornal de Mafra, Alice Vieira. Data: 3 de dezembro Hora: 16h00 Local: Lisboa, Brotéria (R. São Pedro de Alcântara 3) “Escrever. Resta-nos escrever. Um…

Ler mais

Crónica de Jorge C Ferreira | Uma oliveira na Azinhaga

  Uma oliveira na Azinhaga por Jorge C Ferreira   Uma oliveira na Azinhaga. Uma árvore ou um sinal? Uma casa térrea. O analfabetismo num país sem rumo. Os velhos sempre sábios. As letras a aparecerem da terra e das pedras. O campo e o seu duro trabalhar. Aprender a ver a vida desde pequeno. A injustiça sentida em cada acto da força bruta. Saramago, planta herbácea, planta que dá flor. Coisa de crescer e se fazer ver. Saramago nome que foi dado a alguém que não sabia qual ia…

Ler mais

Crónica de Jorge C Ferreira | O Meu Nome É Gal

  O Meu Nome É Gal por Jorge C Ferreira   “O Meu Nome É Gal”. Foste Índia. Foste a voz da canção para Gabriela. Gabriela a que Sónia Braga deu corpo e lascívia. Sónia mulher desejo e que, neste país, foi idolatrada. Foste essa “Força Estranha” que nos inebriou. Foste uma das vozes dessa maravilhosa turma da Bahia. Com Caetano, Bethânia e Gil ajudaste a modificar a música que nos fez sonhar. O Tropicalismo. Esse movimento que nos entusiasmou. Movimento que englobou a música, as artes plásticas, o cinema…

Ler mais

Crónica de Jorge C Ferreira | Os ensinamentos dos mais velhos

  Os ensinamentos dos mais velhos por Jorge C Ferreira   O que vemos acontecer. A vida difícil de quem trabalha. Saber e lembrar factos muito antigos. Os ensinamentos dos mais velhos. Aprender a ouvir, a saber ouvir. Ir armazenando experiência. A vida que começa antes do tempo. O tempo que não se compadece com as dificuldades das pessoas. Os livros escondidos no chão do sótão. Um livro importante no meio de tão poucos livros. O colega do meu Avô que foi preso porque recebia dinheiro dos camaradas de trabalho…

Ler mais

Crónica de Jorge C Ferreira | Os acomodados

  Os acomodados por Jorge C Ferreira   Há quem se acomode. Quem arranje um lugarzinho. Quem se vá calando, falando. E, no entanto, tanta coisa para falar a sério. Tanta coisa para reclamar. E tanta gente calada. Fico arrepiado ao lembrar-me de quem, antigamente, dizia: a minha política é o trabalho. Gente que sabia que a polícia levava presos os seus vizinhos. Está um Major General a falar neste momento na televisão e já disse pertinente um ror de vezes. Fala-se de mísseis e contra mísseis. Da guerra e…

Ler mais

Crónica de Jorge C Ferreira | Esperar

  Esperar por Jorge C Ferreira   São tantas as vezes que desembrulhamos a vida e um sem fim de medos nos vem com pele agarrada. O pânico tão difícil de controlar. O pensar que não somos capazes de ultrapassar o próximo desafio. As rotações da mente em ritmo acelerado. O corpo cada vez mais inerte. Um sofá-cama que cheira a desastre. Uma vida que sabe ao fim de tudo. A ajuda que tanto necessitamos. A mão que queremos ver estendida. Respirar fundo. Ir ao mais profundo de nós. Ganhar…

Ler mais

Crónica de Jorge C Ferreira | A sombra dos lugares

  A sombra dos lugares por Jorge C Ferreira   Nas voltas da vida encontramos sítios que ficam a viver em nós para sempre. São imagens, sombras, rostos, lábios, corpos inteiros que teimam a estar connosco. Uma rua, um rio, um mar, uma ilha, uns seios de mulher e uma criança com fome. Caminhar. Um caminho entre tremendas arribas. Rochedos que parecem querer falar. De repente um tesouro. O nunca esperado. Há quem fique espantado. Há quem ache que é pouco para tão grande caminho. Há montes que se mostram…

Ler mais

Crónica de Jorge C Ferreira | Sobre o silêncio

  Sobre o silêncio por Jorge C Ferreira   Entrar no espaço do teu silêncio. Tua vida. Teu voto. Teu encantamento. Teu modo de ser e viver. Tua euforia calada. Uma rajada de vento e um mar que se mergulha em si mesmo. Silêncio que não cansa. Silêncio que liberta. Uma festa de paz. Apenas a música que a natureza nos oferece. Uma oferenda onde nasce e cresce um modo diferente de felicidade. A alegre entrega. O mistério que cresce. Passei a viver nesse espaço. Os pinheiros e um animal…

Ler mais

Crónica de Jorge C Ferreira | Coisas da vida

  Coisas da vida por Jorge C Ferreira   Há memórias que são manhãs iluminadas. Vertigens numa escarpa de vencer os medos. Lençóis brancos de um toque único. Estranhos quartos sempre fechados à chave. Pouco sabemos porque nos aparecem estes iluminados flashes. Essas manhãs em que, extasiados, nos oferecemos para o mais belo sacrifício. Somos a oferenda que não se quer agradecida. Naquela Ara deixamos parte da nossa vida. Assim nos damos a outra maneira de viver. Somos sempre a vontade de renascer ao início de cada dia. Creio que…

Ler mais