Opinião Política | Leila Alexandre (PS) – O dia depois de amanhã

O dia depois de amanhã No seu artigo de opinião de hoje [25 de junho] no Público, João Miguel Tavares tem uma reflexão interessante. Pega em três versos de Leonard Cohen para discorrer sobre a dificuldade que, no seu entendimento, Portugal tem em lidar com situações de meandro, e diz (cito), “Portugal também é dado a bloqueios: bastante bom a reagir a acontecimentos extremos, e muito mau nos intervalos do champanhe e do chicote”. Embora aqui contida uma crítica à atuação do atual governo, de uma linha política com a…

Ler mais

Opinião Política | Leila Alexandre (PS) – Covid, desigualdades e novas necessidades

Covid, desigualdades e novas necessidades Em março do presente ano, a grande preocupação dos governantes e cidadãos era a possibilidade de sermos atingidos por um vírus desconhecido, com uma história muito recente, sem cura conhecida, que o SNS não resistisse, que as perdas fossem elevadas. O pilar das nossas preocupações ainda era somente a saúde. A pandemia chegou a Portugal e tem causado os seus danos na saúde. Não registamos os picos que se previam nos cenários mais trágicos, mas também não conseguimos fugir. Estamos há dois meses num planalto…

Ler mais

Opinião Política | Leila Alexandre (PS) – Teimosias mafrenses e o IMI

Teimosias mafrenses e o IMI   O que é que têm a ver o IMI, a definição de teimosia e a pandemia da Covid-19? O município de Mafra está orgulhosamente pouco acompanhado na lista de concelhos que aplicam a taxa máxima de IMI (imposto municipal sobre imóveis) permitida por lei. A teimosia que apontam ao Partido Socialista é de que repetidamente exigimos a descida desde imposto para uma taxa mais simpática para as famílias. O argumento de que a receita do IMI é necessária para equilibrar as contas da autarquia…

Ler mais

Opinião Política | Leila Alexandre (PS) – Palavra de ordem: desconfinar

Palavra de ordem: desconfinar   O governo tem sido responsável, cauteloso e sensato na forma como combate a pandemia da Covid-19. Têm sido vários os elogios internacionais. Vamos deitar tudo a perder? Hoje o Primeiro-Ministro António Costa fala ao país. Quando escrevo este meu artigo de opinião, isso ainda não aconteceu, mas há novidades na rua. Fala-se há muito de “desconfinar”, aquela que parece ser a nova palavra de ordem. Ao que indicam os media, já a 4 de maio abrem as lojas até 200 metros quadrados, os cabeleireiros, as…

Ler mais

Opinião Política | Leila Alexandre (PS) — Covid, união e liberdade

Esta semana, houve um comentador que escreveu “há demasiada unanimidade no ar. E isso é péssimo”. Relativizando o argumentário do autor, revejo-me totalmente na mensagem central. Em tempos de emergência, os consensos são necessários e exige-se união, mas a democracia não está suspensa. União e obediência não são a mesma coisa, como consenso e submissão não são a mesma coisa, como concordância e censura não são a mesma coisa, como propaganda e verdade não são a mesma coisa. A unanimidade é como as maiorias absolutas, as listas únicas ou aquele…

Ler mais

Opinião Política | Leila Alexandre (PS)

Dei voltas e voltas sobre o que escrever, que mensagem passar. Vivemos tempos extraordinários, para os quais ninguém se podia preparar minimamente. Estamos desacelerados, de planos adiados, sem poder prever o amanhã. Então começaram a ecoar na minha mente alguns versos escritos por Fernando Pessoa, como Álvaro de Campos, hoje mais atuais do que nunca: Depois de amanhã, sim, só depois de amanhã… Levarei amanhã a pensar em depois de amanhã, E assim será possível; mas hoje não… Não, hoje nada; hoje não posso. A persistência confusa da minha subjetividade…

Ler mais

Opinião Política | Leila Alexandre (PS) – Amor em tempos de guerra

Comecei por querer falar sobre amor em tempos de vírus, depois amor em tempos de pandemia, depois amor em tempos de estado de emergência. Sabia que queria muito falar do que mais precisamos neste momento difícil: amor. Sem saber bem que nome dar ao período que atravessamos, decidi designá-lo de acordo com o que sinto: são tempos de guerra. Amor em tempos de guerra. Estamos no início do pior. Os números não mentem, a matemática não engana. Não há uma cura, não há magia, os países à nossa volta mostram-nos…

Ler mais

Opinião Política | Leila Alexandre (PS) – Falar para o boneco. Turismo e habitação no concelho de Mafra

Falar para o bonecoTurismo e habitação no concelho de Mafra   Ser oposição é, muitas vezes, “falar para o boneco”. Custa admitir, é desmotivante, mas é a realidade e devemos encará-la sem floreados. A 29 de novembro de 2018, lancei à Câmara Municipal de Mafra, em nome da bancada do Partido Socialista, um conjunto de recomendações que procuravam promover um equilíbrio, que hoje não existe, entre turismo e habitação e também fomentar uma perspetiva de turismo sustentável. «O Partido Socialista reconhece a importância incomparável do turismo no tecido económico do…

Ler mais

Opinião Política | Leila Alexandre (PS) – Estamos preparados para decidir sobre a eutanásia?

Nota prévia: A votação, na Assembleia da República, dos Projetos de Lei elaborados por cinco diferentes forças políticas sobre a despenalização da eutanásia foi esta quinta-feira. Escrevo a minha opinião a 18 de fevereiro, dois dias antes, desconhecendo resultados e sem qualquer capacidade de os prever.   Há várias questões que têm sido colocadas nos últimos dias, em que a eutanásia é um tema quente no foro político e na comunicação social. Faço um (grande) parêntesis antes de continuar: ouvimos a eutanásia em discussão na praça pública? Nos nossos locais…

Ler mais

Opinião Política | Leila Alexandre (PS) – Liberdade, necessidade e garantia

Se eu não tenho asseguradas as condições necessárias para uma existência digna, serei livre? Ontem, Pedro Nuno Santos deu o pontapé de saída para que hoje eu pudesse escrever. Ao recordar, na iniciativa “Prestar Contas”, as principais diferenças dos ideais e causas socialistas em relação aos demais, devolveu-me o ímpeto de defender alto e bom som que a liberdade só é verdadeira quando está garantida a satisfação das necessidades básicas: bem-estar físico, mental e social, habitação, mobilidade e educação. “Queremos que o nosso povo seja verdadeiramente livre. É aquilo que…

Ler mais