OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez – O Concelho não é rico, mas a Câmara é

O Concelho não é rico, mas a Câmara é   Na crónica anterior analisei convosco os salários dos munícipes de Mafra, os que trabalham em Mafra ganham menos 54% dos que trabalham e residem na Área Metropolitana de Lisboa. Não tenho forma, por falta de dados, ou de capacidade, de avaliar qual a relatividade dos salários dos munícipes, que trabalham fora de Mafra, no entanto existem dados para o poder de compra que mostram que os maiores rendimentos obtidos em empregos fora do concelho não chegam para compensar os baixos…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez – Trabalhadores por conta de outra ganham menos em Mafra

Em Mafra, os trabalhadores por conta de outra ganham menos 23% do que a média do Continente e menos 54% do que na Área Metropolitana de Lisboa. Leram bem, 54%! Esta é uma das bandeiras da Câmara Municipal para atrair empreendedores nacionais e estrangeiros, sem grande sucesso, diga-se. É uma bandeira escondida da população, mas ufanamente agitada nos fóruns da “especialidade” e orgulhosamente registada nos documentos de estratégia. Felizmente que a origem dos rendimentos da maioria dos munícipes de Mafra não provem do  Concelho. Felizmente que os munícipes têm a…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez – Os Transportes em Mafra

Os Transportes em Mafra Éramos pouco mais de 35 mil no início da década de 60, hoje somos mais de 80 mil. Cerca de 70% dos homens e 60% das mulheres trabalham, 63% do total, aproximadamente 50 mil. Os empregos no município não chegam aos 30 mil, dos quais apenas cerca de mil na agricultura. Somos 14 mil estudantes. Não temos ensino superior Não temos hospital Temos 13 extensões do Centro de saúde. Não temos Teatro. Não temos Cinema. As poucas actividades culturais, com excepção de festas anuais e procissões,…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez – Transferência de Competências

Transferência de Competências O adiar da democratização do Estado   A democratização do Estado exige, como definido na Constituição da República Portuguesa, a criação de Regiões Administrativas consensualizadas pelos cidadãos. A transferência de competências do estado central para os municípios preparada pelo PS e PSD não cumpre o objectivo constitucional de descentralização do Estado, mas tão somente a desconcentração de atos materiais com autonomia administrativa e financeira, mantendo centralizadas as competências o planeamento dos equipamentos e infraestruturas necessárias e nalguns casos os recursos humanos especializados. As autarquias intermédias, as Regiões…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez

No passado dia 12 tive Assembleia Municipal. O seu ponto “forte” eram as contas de 2017 que nada acrescentaram ao já sabido, apenas confirmaram o esbulho fiscal que o PSD tem feito aos munícipes, o saldo (positivo) de gerência ultrapassou os 10 milhões de euros, como diria o poeta (Xico Buarque): tanto IMI, tanto IMI Sei também quanto é preciso, pá Denunciar, denunciar Mas cá nem faz primavera, pá. Antes da Ordem do dia vimos moções rejeitadas com argumentos “técnico/jurídicos” (transmissão das sessões por vídeo), negada a “audição” a surdos…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez

O meu partido, O Partido Comunista Português, vai, em Mafra, no dia 22 de Abril, comemorar o 25 de Abril com um já tradicional almoço, este ano no Pavilhão dos Amigos do Sobreiro. Para nós, comunistas, comemorar Abril é refletir sobre a luta de classes que se desenvolve a partir do momento em que o trabalhador deixou de ser proprietário dos meios de produção. É refletir sobre os seus avanços, sobre os seus recuos. Para nós comunistas comemorar Abril é abraçarmos os companheiros de luta que de alguma forma contribuíram…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez

As lendas são estórias populares nas quais é possível encontrar algum fundo de verdade. Os ratos devoradores de homens do Convento de Mafra serão mesmo ratos? Os ratos do Concelho de Mafra vivem no Convento?   Não sei se algum dia vou encontrar resposta para as minhas interrogações. Isso também pouco me importa e muito menos aos meus leitores que, justamente, esperam de mim uma crónica política e não estórias em que o fantástico adorna a realidade. Não sei mesmo porque me veio à cabeça a lenda dos ratos de…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez – Dia Internacional da Mulher

Nada se comemora em Mafra, nada se comemora que apele ao progresso, à afirmação dos direitos sociais e políticos. Em Mafra comemora-se o passado, não se evoca o passado numa prespectiva de projectar o futuro. Ensaia-se o deslumbramento! O exemplo mais recente foi a comemoração do lançamento da primeira pedra do convento, obra de afirmação do poder absoluto e da promiscuidade entre o poder secular e o poder eclesiástico tão querida do PSD de Mafra. Faço estas considerações porque ao pensar que assunto versar nesta crónica me surgiu a ideia…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez – Ainda o Orçamento Municipal

Nas crónicas anteriores analisamos o Orçamento Municipal, primeiro a Receita e depois a Despesa. Se relativamente à Receita concluímos ser claramente um pacote de receita da matriz ideológica do PSD (para além da troika) limitativo do poder de compra dos munícipes, já relativamente à despesa limitámo-nos a tentar ler em que é que a Câmara vai gastar os 60 milhões de Euros arrecadados. Para o efeito concentrámos a nossa análise nos documentos que, de alguma forma, nos apontam para o QUÊ, as Grandes Opções do Plano (Plano de Actividades Municipal…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez – Orçamento Municipal (despesa)

Por memória do artigo anterior: “O que é que a Câmara vai fazer com os quase 55 milhões de euros que nos são cobrados?” A análise da despesa é mais complexa. O Orçamento quantifica os montantes de despesa autorizados (quando aprovado) mas não o que é que vai ser feito. Os investimentos, Plano Plurianual de Investimento, uma vez que é elaborado por projectos/acções com classificações e informações normalizadas permite ter uma noção dos investimentos que serão autorizados pela Assembleia Municipal, tanto quanto o que se deduz da descrição e demais…

Ler mais