Covid-19 | Situações em pode antecipar a 2.ª dose da vacina

 

A Direção-Geral da Saúde atualizou ontem a norma que regula a Campanha de Vacinação Contra a covid-19.

No documento pode ler-se que o intervalo entre doses, nas vacinas com esquema vacinal de duas doses, pode ser, excecionalmente, antecipado. As exceções são as seguintes:

  • Viagens de comprovada urgência ou inadiáveis, nomeadamente, em caso de necessidade de cuidados de saúde transfronteiriços, representação diplomática ou de estado, missões humanitárias, e obrigações laborais ou académicas devidamente fundamentadas;
  • Antes do início de terapêuticas imunossupressoras, ou outros atos clínicos devidamente fundamentados.

Mesmo assim é necessário cumprir os intervalos mínimos entre doses, intervalos que dependem da vacina que tomar:

Vacina intervalo
mínimo
intervalo
recomendado
Comirnaty®
(Pfizer-Biontech)
19 dias 28 dias
Spikevax®
(anteriormente COVID-19 Vaccine Moderna®)
25 dias 28 dias
Vaxzevria®
(AstraZeneca)
21 dias 8 semanas

Os jovens com mais de 23 anos já podem fazer o agendamento da 1.ª dose da sua vacina no local e na data que pretendam.

 

   

Leia também