OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez (CDU) – As Autárquicas são já “amanhã”

PUB

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez (CDU)
As Autárquicas são já “amanhã”

 

Ainda estou empolgado pelo desfile do 25 de Abril e pela grande manifestação do 1º de Maio.

O desfile do 25 de Abril pela convivência democrática de todos os que não estão com uma organização social e política baseada na intolerância, na supressão da Liberdade, no cala, mesmo que não “comas”, para ser directo, os anti-fascistas.

Está de parabéns a Comissão Organizadora constituída por, mais de quarenta organizações, entre as quais, PS, PCP, Bloco de Esquerda, Partido Ecologista “Os Verdes” e Livre, bem como a CGTP (Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses — Intersindical Nacional) e centenas de individualidades, que avançaram para a organização, comprometendo-se a respeitar as orientações da DGS, e até os que, apoiando, manifestaram reservas ao apelo à participação dos seus filiados e simpatizantes, como a UGT e APRE.

Mais do que um desfile de ORGANIZAÇÕES(1), o desfile foi um desfile popular, naturalmente dos que se revêm nas diversas causas que estão na base das organizações da comissão promotora, ou simplesmente para aqueles que o 25 de Abril é a base da confiança na construção de um Portugal mais justo, mais inclusivo e que muitos, alguns sem disso terem consciência, abraçam os ideais dos obreiros da CONSTITUIÇÃO DA RÉPUBLICA (2), os chamados políticos “nacionais” tão vilipendiados, até por políticos ditos “locais” (será de trazer por casa?), como é o caso do Presidente da Assembleia Municipal de Mafra(3).

Foi o desfile mais jovem dos últimos anos, garantia de que a DEMOCRACIA, não sendo um dado adquirido em Portugal, tem futuro e que a ausência de DEMOCRACIA, é um sórdido PASSADO.

O 1º de Maio encheu o meu presente com a força do meu passado, da confiança dos trabalhadores no futuro, na sua luta, mesmo com armas desiguais, portadores da, agora tão falada, resiliência, rumo à sociedade sem exploradores nem explorados.

Lê-se na saudação da CGTP “Foi com muita confiança e convicção que afirmámos que não há inevitabilidades e que é possível outro rumo para o país, um rumo que tenha como eixo central a valorização do trabalho e dos trabalhadores, garantia fundamental da melhoria das condições de vida e de trabalho bem como do desenvolvimento do país.”

E a luta continuou, continuou nos locais de trabalho, continuou no dia 8 de Maio, no Porto, denunciando a hipocrisia mascarada de verdemo­dernodi­gital ou so­cial, pa­la­vras “má­gicas” que papagueadas, julgam os papagaios, ca­pazes de trans­formar as si­tu­a­ções mais abjectas ou inú­teis em algo digno de elogio.

São estes os tónicos que me reforçam, a mim e aos meus camaradas de Mafra, para a luta que com toda a alegria e confiança vamos travar nas eleições autárquicas.

No próximo dia 30 de Maio a CDU – PCP/PEV apresentará os seus cabeças de lista à Câmara e Assembleia Municipal.

 

Mafra, 17 de Maio de 2021.


(1) Moção apresentada pelo PCP/PEV José Martinez – Twitter ou José Martinez – Facebook


José Martinez
Membro da direção concelhia do PCP e deputado municipal pela CDU.

 


Pode ler (aqui) outros artigos de opinião de José Martinez



As opiniões expressas nesse e em todos os artigos de opinião são da responsabilidade exclusiva dos seus respetivos autores, não representando a orientação ou as posições do Jornal de Mafra

________________________________________________________________________________________________

 

Leia também