Abriram as candidaturas à “Academia de Ensino Superior de Mafra”

 

Estão abertas as candidaturas à “Academia de Ensino Superior de Mafra”.

À semelhança daquilo que já ocorre no concelho de Sintra e no concelho de Torres Vedras, Mafra irá também contar com uma oferta de ensino politécnico.

Assim, no próximo ano letivo (2021/2022), o concelho de Mafra vai passar a contar com a “Academia de Ensino Superior de Mafra” (AESM), onde serão ministrados Cursos Técnicos Superiores Profissionais* (CTESP, ou seja, cursos que conferem um diploma de técnico superior profissional de nível 5), cujas inscrições já decorrem.

A AESM irá funcionar em dois polos, um deles localizado em Mafra, nas instalações do antigo centro de saúde, propriedade da Misericórdia de Mafra, cujo exterior já foi pintado de fresco. O outro polo localiza-se na Ericeira, no ninho de empresas municipal.

Os 5 cursos que serão ministrados no ano letivo 2021/2022 serão assegurados pelo Instituto Politécnico de Tomar (IPT) e pelo Instituto Politécnico de Santarém – Escola Superior de Desporto de Rio Maior (IPSantarém – ESDRM) e são os seguintes:

  • Marketing Digital (do IPT)
  • Informática (do IPT)
  • Informática de Gestão (do IPT)
  • Produção de Atividades para o Turismo Cultural (do IPT)
  • Surfing no Treino e na Animação Turística (do IPSantarém – ESDRM)

Os 4 primeiros serão ministrados em Mafra o 5.º será ministrado na Ericeira.

Podem candidatar-se a estes cursos:
• Os titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente;
• Os titulares de um curso de ensino secundário profissional de nível 4;
• Os titulares de um diploma de especialização tecnológica (CET);
• Os titulares de um grau de ensino superior que pretendam a sua requalificação profissional;

• Os que tenham sido aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos.

As inscrições decorrerão até ao dia 10 de setembro de 2021.

* Ministrado pelo ensino politécnico, é um novo tipo de formação designada de superior, com a duração de dois anos, que incluem seis meses de estágio, a que correspondem 120 unidades de crédito (ECTS). Este confere um diploma de técnico superior profissional de nível 5 do Quadro Nacional de Qualificações, sendo que, se pretenderes, poderás depois ingressar no ciclo de estudos de licenciatura, através de um concurso especial, adquirindo o respetivo grau académico.

   

Leia também