PSD Lisboa quer máscaras e testes disponíveis para todos

Em comunicado, a Distrital de Lisboa do PSD defende a necessidade da implementação de medidas, por parte do governo e das autarquias “assegurando que não faltem máscaras e testes e que se combata o seu aproveitamento comercial”, assegurando ainda que a sua disponibilização seja gratuita ou a preço de custo e que a população seja informada acerca do modo de utilização das máscaras e sobre a realização de testes.

Não podemos ter um país refém da dúvida. É fundamental não só assegurar que todos estão protegidos e com acesso a máscaras e a testes, mas também que todo o país sabe quando e como as utilizar. De nada vale fazermos esforços para ficarmos em casa se os que têm de sair correm riscos desnecessários. Temos de combater o vírus em todas as frentes. O país não pode falhar”, afirmou Ângelo Pereira, Presidente da Distrital de Lisboa do PSD.

Neste comunicado, aquela estrutura do PSD, destaca ainda o papel das autarquias no combate à pandemia, nomeadamente, no que se refere à disponibilização gratuita de máscaras e de testes, apelando por fim ao governo, para que desenvolva uma campanha destinada a consciencializar os cidadãos para a obrigatoriedade na utilização de máscaras “em todas as situações em que não seja possível o isolamento ou assegurar as distâncias sociais em espaços abertos ou fechados“, informando-os acerca da “correta manufatura de máscaras pelos cidadãos”.

Finalmente, a Distrital de Lisboa do PSD apela à “criação de um mecanismo financeiro de apoio à produção nacional de máscaras e de equipamento para testes, garantindo a gratuitidade ou um preço final igual ao preço de custo“, mecanismo que se deveria alargar às autarquias permitindo-lhes adquirir máscaras e equipamento para testes.

   

Leia também