Covid-19 | DGS prevê que o pico só chegue a Portugal em maio

Hoje, na conferência de imprensa diária destinada a fazer o ponto de situação do covid-19 em Portugal, Graça Freitas, diretora-geral da Saúde, referiu que só em maio, o pico da pandemia deverá atingir o nosso país.

Em relação ao pico, como vocês sabem, depende sempre da subida da curva, quer a dimensão, a altura do pico, quer o tempo que vamos levar a chegar lá

Nos últimos boletins tem se verificado uma tendência para “termos tardado um bocadinho a velocidade com que a curva está a subir” o que significa que “a medida que nós retardamos a aceleração da curva o pico vai diferendo no tempo para mais adiante”. Assim, neste momento e de acordo com os dados disponíveis “tudo indica que o período será diferido para mais tarde nunca antes provavelmente o mês de maio”. Graça Freitas acrescentando que “isto são previsões, vale o que vale”.

Segundo a indicação dos matemáticos fazem a modelação dos dados disponíveis “o pico não será um momento instantâneo no tempo, nem é isso que nós queremos, será de fato um planalto“, isto significa que “quando chegarmos ao máximo dos casos da curva, andaremos ali alguns dias ou semanas (nessa fase), até porque sabemos que esta doença dura muito tempo” até que comece a descer, avançou Graça Freitas.

 

   

Leia também