20 de março – Dia Mundial da Saúde Oral

Dentista

 

Assinala-se hoje, 20 de março, o Dia Mundial da Saúde Oral. O dia foi instituído pela Federação Dentária Internacional (FDI) e celebra-se desde 2013.

A data tem como objetivo de dar visibilidade e reforçar a importância da manutenção da saúde oral ao longo da vida e consciencializar a população para o seu impacto na saúde geral.

O lema adotado para o triénio 2021-2023 é “Tem orgulho na tua Boca” e pretende apelar “à proatividade e responsabilidade de cada um em relação à sua própria saúde oral”.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou hoje que “as escolas do ensino pré-escolar e do 1.º ciclo vão, mais uma vez, receber 100 mil kits de higiene oral para distribuir pelos alunos do jardim de infância e do 1.º Ciclo”. Os Kits são constituídos por dentífrico e escova, dentro de um copo com tampa, para as crianças escovarem os dentes na escola.

A DGS refere ainda que “o acesso a consultas de Estomatologia, Medicina Dentária e Higiene Oral têm sido reforçadas, quer através da atribuição de cheques-dentista, quer através de referenciações para consulta de Medicina Dentária e de Higiene Oral nos centros de saúde que dispõem destes profissionais”.

Atualmente, os grupos que acedem a consulta de Higiene Oral no centro de saúde, são as crianças e jovens com 4, 7, 10 e 13 anos. Os grupos com acesso à consulta de Estomatologia ou Medicina Dentária através de cheque-dentista são as grávidas, crianças e jovens dos 2 aos 18 anos, os beneficiários do complemento solidário, os portadores de VIH/SIDA e utentes com lesões suspeitas de cancro oral.

A taxa de utilização global dos cheques-dentista e das referenciações para consultas de higiene oral nos centros de saúde ronda os 70%.

Segundo dados da DGS, atualmente, mais de 5.700 médicos dentistas e estomatologistas atendem, em mais de 11.100 consultórios privados, os utentes do SNS portadores de cheque-dentista. No SNS existem 110 higienistas orais a nível dos Cuidados de Saúde Primários e 138 gabinetes com consulta de Estomatologia/Medicina Dentária.

Deixamos-lhe aqui 5 conselhos para uma boa saúde oral:

  • Escove os dentes frequentemente e durante o tempo recomendado
    A escovagem dos dentes é a principal ação para uma correta higienização dentária. Deve escovar pelo menos duas vezes por dia, durante aproximadamente 2 minutos. Recomenda-se que o dentífrico contenha flúor e que a escova dentes seja substituída a cada três meses.
  • Utilize fio dentário para complementar a escovagem dos dentes
    Apesar de a escovagem ser extremamente importante, poderá não ser suficiente para uma higienização de todas as áreas da nossa boca. Assim, a escovagem deve ser complementada com a utilização de fio dentário que pode ajudar a prevenir a gengivite e outras doenças periodontais, o que é fundamental uma vez que toda a população tem ou já teve gengivite e, por outro lado, a periodontite afeta quase um em cada dois adultos com mais de 35 anos.
  • Quando indicado, utilize um elixir oral para complementar os seus hábitos de higiene oral
    O elixir bucal é um líquido utilizado para higienizar a cavidade oral, incluindo os dentes, as gengivas e a boca. Apesar de não substituir a escovagem nem o fio dentário, apresenta a vantagem de conseguir alcançar zonas que não seriam tão fáceis de outra forma. Antes de dormir é a melhor altura para utilizar esta solução oral uma vez que, desta forma, o mesmo terá um contacto mais prolongado com a cavidade oral, potenciando os seus efeitos.
  • Visite regularmente o médico dentista ou estomatologista
    Deve consultar o médico dentista ou estomatologista idealmente 2 vezes por ano. Assim, poderá prevenir, identificar e tratar problemas dentários evitando que progridam para situações mais graves, levando em casos extremos à perda de dentes.
  • Faça uma alimentação saudável
    Este conselho aplica-se também à saúde oral, na medida em que parte importante de uma alimentação saudável passa por evitar o consumo de alimentos e bebidas açucaradas, entre as quais as bebidas alcoólicas, prevenindo as cáries dentárias, uma doença que ocorre devido à ação do ácido produzido por algumas bactérias quando estão na presença de açucares, que afeta quase 90% da população em alguma altura da sua vida, podendo originar a destruição parcial ou total do dente.
    Também o tabaco é prejudicial à saúde oral, recomendando-se abandonar totalmente este hábito.

 

Leia também