Torres Vedras | Feira de S. Pedro conta este ano com concertos (GNR, David Carreira e Carolina Deslandes)

Apres Festas Torres

 

Foi hoje apresentado em conferência de imprensa, o programa para a Feira de S. Pedro de 2022.

A apresentação ficou a cargo de Laura Rodrigues, Presidente da câmara de Torres Vedras e de Rui Penetra, presidente da Promotores, a empresa municipal de Torres Vedras.

A novidade da edição deste ano é a integração de grandes concertos no programa da feira. Os GNR, David Carreira e Carolina Deslandes são os artistas que estrearão esta novidade, que veio para ficar, pois, a realização de grandes concertos entrará a partir deste ano, na programação regular das próximas edições da Feira de S. Pedro. Estes concertos serão pagos, embora o valor, 5 €, seja simbólico.

Para além dos concertos anunciados, os visitantes da feira, que nos últimos anos têm andado à volta dos 220 mil, poderão desfrutar dos vários divertimentos que a feira habitualmente oferece e deliciar-se com as ementas que restaurantes e bares oferecerão durante no recinto, durante a feira.

A Feira de São Pedro irá contar com 4 restaurantes e as habituais 8 tasquinhas. Serão cerca de 100 expositores de empresas da região, cerca de 100 feirantes tradicionais e 30 de artesanato, a que se juntam 17 divertimentos e as habituais estruturas de comida e bebida.

A Feira da S. Pedro ocorrerá de 23 de junho a 3 de julho 2022 no local habitual, e os concertos terão lugar no fim de semana de 1, 2, 3 de julho, no recinto da feira ou num parque muito próximo, com capacidade para 5 000 espetadores, ficando os bilhetes à venda já a partir da próxima sexta-feira.

Este ano, a Feira de S. Pedro tem um orçamento de 350 mil euros, mais 80 mil euros do que no ano anterior.

Leia também

One Thought to “Torres Vedras | Feira de S. Pedro conta este ano com concertos (GNR, David Carreira e Carolina Deslandes)”

  1. Grande feira a de S. Pedro,e com a novidade destes concertos irá concerteza atrair muita gente à feira. Vai permitir aos comerciantes venderem os seus produtos e recuperem anos perdidos pela pandemia.

Comments are closed.