Homem procurado no Canadá por tráfico de estupefacientes e armas foi detido em Torres Vedras

preso

Homem procurado no Canadá por tráfico de estupefacientes e armas foi detido em Torres Vedras

 

Na passada 5.ª feira, 29 de fevereiro, a Polícia Judiciária (PJ), no âmbito da cooperação internacional policial e judiciária, localizou e deteve, um cidadão de dupla nacionalidade, canadense e haitiano, no cumprimento de mandado de detenção internacional, emitido pelas autoridades judiciárias do Canadá.

O homem de 31 anos, detido na zona de Torres Vedras, estava indiciado por envolvimento numa organização criminosa que se dedicava ao tráfico de estupefacientes e de armas.

Em julho de 2023, as autoridades canadenses desmantelaram a organização criminosa à qual o agora detido pertencia, mas este e outro suspeito “ter-se-ão subtraído à ação da justiça canadense e viajado, em fuga, para a Europa”.

O homem será agora presente ao Tribunal da Relação de Lisboa para que lhe seja aplicada a medida de coação, até que possa ser extraditado.

A PJ refere em comunicado que “só durante o mês de fevereiro deste ano, foram concretizadas 17 detenções em território nacional, de cidadãos de diversas nacionalidades que se encontravam a monte, na sua maioria pelo envolvimento em criminalidade grave e organizada”.

Segundo a CBC/Radio-Canada, o detido é Roobens Denis, um homem apontado como braço direito do líder do gangue Blood Family Mafia (BFM), líder que também estará em fuga pela Europa.

Segundo a mesma fonte, o processo de extradição já terá sido iniciado e se for aceite, a polícia do Quebec irá encarregar-se do procedimento de extradição para levar Denis de volta ao Canadá onde enfrentará a justiça.

 

Leia também