Governo desaconselha viagens para destinos fora da Europa e deixa recomendações aos emigrantes

TL

A pandemia de Covid-19 levou os governos de vários países a adotar medidas de prevenção, combate e contenção da doença, medidas que incluíram fortes restrições na circulação de cidadãos em todo o Mundo.

Em comunicado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) vem agora dizer que: “(…) desaconselham-se viagens para destinos fora do espaço europeu, sobretudo para outros destinos sem ligações fáceis e frequentes a Portugal, e muito em especial deslocações para destinos exóticos e/ou viagens não organizadas, sugerindo-se a preferência por férias em território nacional”.

No entanto, foi elaborado um folheto com informação sobre viagensindispensáveis ao estrangeiro nos próximos meses, destinado aos portugueses que pretendam viajar ao estrangeiro por razões profissionais ou em outras viagens que considerem essenciais”.

O MNE elaborou também um folheto com conselhos/informações para a deslocação dos emigrantes a Portugal, no qual constam as medidas adotadas no nosso país, como “deslocações por via terrestre e aérea, situação de quem acompanhar cidadãos nacionais a Portugal caso não tenha a nacionalidade portuguesa ou não seja residente em território nacional, eventuais constrangimentos ou as novas regras de acesso a locais públicos”.

Leia também