Ericeira | As águas minero-medicinaes de Santa Martha em 1898

Ericeira - aguas minero-medicinaes de Santa Martha

Ericeira | As águas minero-medicinaes de Santa Martha em 1898

 

Reza a história, que António Lopes Costa, dono do terreno que, em outros tempos, se chamava de mato de Santa Marta, onde terá curado o seu “mal do estômago” e melhorado o seu reumatismo, ao beber a água de um poço aí localizado.

Em finais de 1897, António Lopes Costa requereu a licença de concessão das Águas Minero Medicinais do seu terreno.

ae1No mesmo ano, El-Rei concedeu a Antonio Lopes da Costa a licença para explorar “as nascentes de aguas minero-medicinaos denominadas de Santa Martha e situadas na freguezia da Ericeira, concelho de Mafra”.

As termas foram construídas, a fama de cura espalhou-se, e a Ericeira encheu-se de gente à procura de cura para as “suas maleitas”.

O Dr. Raul de Andrade(1), médico municipal, foi o primeiro clínico das Águas Minero Medicinais de Santa Marta.

A Câmara Municipal de Mafra ficou com a concessão do espaço em maio de 1956, e em 1960 é autorizada pela Direção-Geral da Fazenda Públic, a contrair um empréstimo de 1.500.000,00 escudos para:

  • Urbanização de terrenos junto do Hotel de Turismo: 1.281.200,00
  • Captação de águas minero-medicinais de Santa Marta, na Ericeira: 218.800,00

De acordo com o Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, embora o Parque de Santa Marta se mantivesse aberto ao público, com o ringue de patinagem, o minigolf, as esplanadas e outras ofertas de lazer, a exploração das suas águas minerais foi sempre adiada, e em 1984, um despacho ministerial considerava-a abandonada.

Em 2005, com a reabilitação do Parque de Santa Marta, foi demolido o balneário desenhado por Pardal Monteiro em 1936. Segundo o projeto de reabilitação “no que respeita às águas minerais de Santa Marta prevê(-se) unicamente a construção de uma gruta ou túnel em declive de acesso à nascente”.

O atual Parque de Santa Marta foi inaugurado em 2007.

Alvarás de concessão

1898- Alvará de concessão de 20 de Janeiro a favor de António Lopes da Costa
1919- Transmissão do alvará de 25 de Fevereiro a favor da sociedade Beirão Magalhães & C.ª.
1931- Alvará de concessão de 16 de Maio, a favor de Torcato Pardal Monteiro.
1936- Transmissão do alvará, 26 de Maio, a favor da Sociedade Águas de Santa Marta Lda.
1956- Alvará de concessão de 16 de Maio, a favor da Câmara Municipal de Mafra.
1984- Declaração de abandono, Despacho ministerial 23 de Maio.

 

(1) O Dr. Raul de Andrade foi o fundador do Hospital da Santa Casa da Misericórdia da Ericeira

Leia também