Dívidas da Fábrica Queijos Saloio (Ponte do Rol) – pertencente ao grupo Queijos Santiago – fecham fábrica com 60 trabalhadores

ftt

 

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos (SINTAB), a Fábrica Queijo Saloio, localizada em Ponte do Rol, no concelho de Torres Vedras, vai encerrar na próxima segunda-feira, após ter sido declarada insolvente.

A fábrica e a marca da Queijo Saloio foram adquiridas há cinco pelo grupo Queijos Santiago (grupo mafrense) e segundo o sindicato, a insolvência da fábrica em Torres Vedras, terá sido pedida (em março) pela Caixa Geral de Depósitos, por dívidas entre os 20 e os 25 milhões de euros, contraídas nos últimos cinco anos.

A fábrica, que chegou a ter mais de uma centena de trabalhadores, tem atualmente 60, trabalhadores que “estão a ser convidados” a ir para outra fábrica, a mais de 30 km, situada na Montemuro, na União de Freguesias de Venda do Pinheiro e Santo Estêvão das Gales, no concelho de Mafra.

O grupo Queijos Santiago assegura transporte dos trabalhadores para a fábrica de Montemuro, mas o sindicato teme que esse transporte possa “ser tirado a qualquer momento, porque não está previsto nos contratos”.

O SINTAB já requereu uma reunião com o Ministério do Trabalho e com o administrador de insolvência alegando que “vai ser tudo transferido para Montemuro [Venda do Pinheiro], muitos trabalhadores não têm alternativa face à antiguidade na empresa e alguns não querem ir para ir ganhar o salário mínimo”.

Leia também