Campanha “DIGA NÃO ÀS MARIOLAS”

mariotas nao

 

A campanha “DIGA NÃO ÀS MARIOLAS” foi lançada pelo Aspiring Geoparque Oeste, as Reserva Natural das Berlengas da UNESCO, a Associação Arméria, o Município de Peniche e a Comunidade Intermunicipal do Oeste. A campanha pretende sensibilizar para a “geoconservação de locais emblemáticos na península de Peniche, mas que, de algum modo, se replica nos 72 km de costa do território do aspirante Geoparque Oeste”.

A campanha pretenda ainda esclarecer “sobre os perigos e consequências que a construção de mariolas tem na paisagem e na geoconservação do património natural”.

“Locais de interesse geológico com relevância nacional e internacional são constantemente vandalizados com a construção de mariolas como é o caso da Papôa ou da Ponta do Trovão. As mariolas são construções utilizadas, maioritariamente, em zona de montanha para orientar os pastores nas suas atividades e percursos.

A utilização deste tipo de construção em locais de interesse geológico e paisagístico, para além de transformarem a paisagem natural e a sua geomorfologia, podem ser perigosas para as espécies que as habitam, mas também para quem visita estes locais.”, refere a organização desta campanha

mariolas

Leia também