Crónica de Alexandre Honrado – A escassez que nos esvazia

Falava, por sugestão de outros, sob o tema escassez quando me dei conta de que, por escassez óbvia, havia na plateia quem desconhecesse o termo. Creio que este fenómeno se tornou recorrente: falamos de coisas que julgamos óbvias, ou interessantes, ou mesmo necessárias – e já não o são, porque as escassas plateias que nos ouvem se afastaram do exercício do reconhecimento, se alhearam a dado passo, e só se mobilizam para uma discussão fortuita de futebóis, que, esses também, se tornaram escassos, no interesse, no desportivismo que traíram, na…

Ler mais

Jornal da Mafra agora em HTTPS porque privilegiamos a segurança dos nossos leitores

A sigla HTTP tem origem na expressão inglesa HyperText Transfer Protocol (Protocolo de Transferência por Hipertexto), sendo o protocolo padrão para a navegação na internet. No protocolo HTTPS, o “S” nessa nova sigla significa precisamente “Segurança”. Ou seja, o HTTPS proporciona uma navegação segura na internet, já que são adicionadas camadas de segurança ao protocolo tradicional (http), garantindo-se assim a integridade, confidencialidade e autenticação da comunicação entre a página de internet e o utilizador (leitor). Integridade: garante que as mensagens não foram alteradas Confidencialidade: a mensagem será lida apenas pelo destinatário real Autenticação: comprovação de…

Ler mais

PS Mafra || Questiona entrega de serviços de urgência de Mafra à Misericórdia da Venda do Pinheiro

O PS Mafra distribuiu hoje uma nota de imprensa em que toma posição relativamente às notícias que dão conta de graves falhas de diagnóstico nos serviços de urgência da Unidade de saúde de Mafra. Depois de referir que a empresa agora substituída pela Misericórdia de Venda do Pinheiro, já terá 27 acções em tribunal, esta nota do PS Mafra questiona a opção da ARSLVT (Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo) pela entrega do contrato à Misericórdia de Venda do Pinheiro, assim: “Que tipo de concurso foi feito…

Ler mais

Mafra || Prédios degradados da Quinta de Santa Barbara comprados pela câmara para habitação social

Há no concelho dois bairros camarários de habitação social, um em Mafra e outro na Malveira. “A par desta constatação, e na decorrência do trabalho de terreno levado a cabo pela equipa da Ação Social, foram identificados dois imóveis, sitos na Rua Manuel Fernandes Batista, na Quinta de Santa Bárbara, lotes 66 e 67, em Mafra, que apresentam sinais evidentes de abandono, e que são hoje, um foco de concentração de alguma marginalidade, que urge resolver nesta zona habitacional da vila de Mafra.” [documento da Câmara Municipal de Mafra] Destes…

Ler mais

GIATUL apresenta contas com a Mafraeduca no sapato

Foi divulgado o Relatório de Contas da Giatul — Atividades Lúdicas, Infraestruturas e Rodovias, E.M. S.A., uma empresa comparticipada a 100% pela Câmara Municipal de Mafra e que apresenta os seguintes corpos sociais: Mesa da Assembleia-Geral Presidente – Hugo Manuel Moreira Luís SECRETÁRIO — Manuel Luís Oliveira Castelo Conselho de Administração Presidente — Hélder António Guerra de Sousa Silva Vogal — Joaquim Francisco da Silva Sardinha Vogal — Dr.a Célia Maria Duarte Batalha Fernandes É a Giatul que assegura sob o ponto de vista logístico e de estruturas, grande parte…

Ler mais

Contas da Tapada de Mafra com saldo positivo mas guerra com a Câmara de Mafra mantém-se

A situação laboral na Tapada Nacional de Mafra (TNM) continua ao rubro, embora, em 2017, as contas tenham saído do negativo. Desde que Alda Mesquita (anterior directora, nomeada por Assunção Cristas), deu lugar a Paula Simões (nomeada por, e próxima de Capoulas Santos) em Abril de 2016, a situação laboral na tapada passou a ocupar as páginas dos jornais, com Paula Simões no centro da polémica. Tarjas colocadas (quase clandestinamente) junto aos portões da Tapada,  tomadas de posição do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas…

Ler mais

Dia do Município | Terreiro D. João V passará a chamar-se Praça José Saramago

No próximo dia 10 de Maio, dia da espiga e dia do município de Mafra, fruto de um convénio assinado recentemente entre a Câmara Municipal e Mafra e a Fundação José Saramago, o escritor – prémio Nobel da Literatura em 1998, autor da obra Memorial do Convento, o livro que conquistou definitivamente a atenção de leitores e críticos e cuja acção decorre em Mafra, tendo por tempo e cenário a construção do Palácio-Convento de Mafra – será finalmente reconhecido pelos poderes públicos da vila, como uma das personalidades, para além do próprio João…

Ler mais

Báias no Palácio | Protecção Civil Municipal reconhece que iniciativa de proteger munícipes e visitantes partiu de Lisboa

O documento que se apresenta de seguida, datado de 8 de Março, da responsabilidade do Serviço Municipal de Protecção Civil – documento recentemente vertido nas redes sociais -, vem demonstrar que ao contrário do que por vezes se dá a entender em intervenções informais de dirigentes locais ou através de vídeos privados produzidos por vereadores da maioria e publicados nas redes sociais, a realidade é que não terá sido a Protecção Civil dependente do Município de Mafra, ou o próprio município, a demonstrar preocupação, ou a tomar medidas relativamente a…

Ler mais

IRS – Saiba JÁ se vai pagar ou receber, e quanto

Só em Abril (com início a 1 de Abril) é que se iniciará o período de entrega (este ano, já exclusivamente através da internet), no entanto, está já disponível no Portal da AT (Autoridade Tributária), uma funcionalidade que lhe permite, desde já, apurar se vai receber reembolso ou se, pelo contrário, terá de repor IRS. Como é que pode aceder a esta informação no Portal das Finanças? Aceda ao Portal da AT IRS Entregar > Declarações > IRS Entregar a 1.ª declaração e declarações de substituição: Preencher Declaração No campo Ano…

Ler mais

Queixa relativa aos serviços (falta deles) da MEO na área do Codeçal

A 40 km de Lisboa. parece terem limpado alguma da imensa mata, além dos fios aéreos da MEO na Murgeira, ficando o Codeçal e sobretudo os idosos e doentes, isolados e por isso em risco, em virtude da falta e de Internet há cerca de uma semana. A MEO não dá respostas e os autarcas também não, porque o urbanismo não inclui coisas tão essenciais como infraestruturas de telecomunicações. Esta situação como outras dá uma imagem nítida do desamparo e da falta de proteção civil que Munícipes sofrem quando pagam…

Ler mais