Hoje é Dia Mundial do Dador de Medula Óssea

 

O Dia Mundial do Dador de Medula Óssea é celebrado anualmente, em todo o mundo, no 3.º sábado do mês de setembro e tem por objetivo alertar, consciencializar o público em geral e os que tomam decisões para a importância da doação.

Este ano o dia será assinalado pela 8.ª vez em mais de 50 países distribuídos por todos os continentes.

O Centro Nacional de Dadores de Células de Medula Óssea conta com mais de 400 mil dadores, fazendo com que Portugal seja o terceiro país com mais dadores inscritos por milhão de habitantes.

A medula óssea é um tecido esponjoso que preenche o interior vários ossos, como os da bacia. É nesse tecido que existem células progenitoras, ou seja, com capacidade para se diferenciarem e dar origem a qualquer célula do sangue periférico, as chamadas stem cell dos autores ingleses ou células progenitoras/estaminais em português. Estas células renovam-se constantemente mantendo um número relativamente constante em qualquer momento.

O transplante de medula óssea consiste na transfusão no doente de células progenitoras retiradas da medula óssea do dador, com o intuito de substituir as células doentes do recetor. Desta forma, desenvolvem-se novas células saudáveis no doente.

Quem pode ser dador – Principais condições para se inscrever como potencial Dador de Medula óssea:

  • Ter entre 18 e 45 anos
  • Peso mínimo de 50 kg
  • Altura superior a 1,5 m
  • Ser saudável
  • Nunca ter recebido transfusões após 1980

Hoje, 17 de setembro, é ainda Dia Internacional da Música Country, Dia do Software Livre, Dia Internacional da Limpeza Costeira, Dia Internacional do Panda Vermelho e Dia Mundial da Segurança do Doente.

Leia também

Comentário