Autoridade Marítima Nacional aconselha “comportamentos de segurança” nas idas à praia durante o fim de semana

 

As previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) apontam para um aumento das temperaturas nos próximos dias pelo que levou a Autoridade Marítima Nacional (AMN) a emitir esta tarde um alerta.

Assim, a AMN aconselha que a população adote “comportamentos de segurança” numa eventual ida à praia ou zonas costeiras”, evite “expor-se desnecessariamente ao risco” e lembre-se que “as praias portuguesas não se encontram vigiadas nesta altura do ano”.

O alerta da AMN é o seguinte:

É importante ter em conta que o mar, nesta época do ano é um mar de inverno e apresenta um risco elevado devido aos efeitos da agitação marítima, apresentando também a sua morfologia alterada pelo efeito da ondulação forte que se verifica normalmente neste período do ano, criando nas praias zonas de fundões, declives acentuados, remoinhos e agueiros que não se encontram sinalizadas nesta altura do ano.

As praias portuguesas não se encontram vigiadas nesta altura do ano, isto é, não têm o dispositivo de segurança balnear disponível na sua plenitude, como tal, a resposta a uma situação de socorro poderá ser demorada, pelo que a população deverá ter um comportamento adequado e responsável, não se colocando em situações de risco.

Face à possível afluência junto das praias, a Autoridade Marítima Nacional irá incrementar, nos próximos dias, a vigilância e fiscalização nas praias, com o objetivo de sensibilizar a população a evitar comportamentos de risco.

 

As recomendações da AMN são:

  • Vigiar permanentemente as crianças e não permitir que se afastem, mantendo-as sempre próximas de um adulto;
  • Evitar comportamentos de risco, não se aproximando da água ou caminhar na areia molhada. Não vire as costas ao mar e ofereça sempre uma distância de segurança em relação à linha de água, evitando ser surpreendido por uma onda;
  • Caso testemunhe uma situação de perigo dentro de água, não entrar e pedir ajuda através do 112.

Não se esqueça: a sua segurança começa em si.

 

 

Leia também