Dois em cada dez portugueses não irá de férias revela a DECO

 

Um estudo efetuado pela Deco Proteste, a organização de defesa do consumidor concluiu que a maioria dos portugueses irá fazer férias em Portugal e que apenas 6% pensa viajar para o estrangeiro, sendo que 20% ainda não decidiram como irão fazer as suas férias, e dois em cada dez portugueses não irá sequer sair de casa.

Portugal é o destino de eleição para as próximas férias de verão, sendo que o litoral irá receber perto de 40% dos portugueses que tencionam ficar em território nacional. As zonas serranas e rurais são a escolha de dois em cada dez portugueses e perto de oito por cento irá viajar dentro do País, para visitar cidades de norte a sul de Portugal. Perto de um quarto dos portugueses revelam não ter planos para o verão e 20% vai ficar em casa. Apenas 6%, sobretudo população jovem dos 25 aos 39 anos, planeia viajar para o estrangeiro.

Aqueles que responderam a este estudo preveem gastar pouco mais de 600 euros nas férias deste ano, enquanto aqueles que pretendem fazer férias no litoral planeiam gastar um pouco mais de 1000 euros.

No que diz respeito à situação pandémica, para 57% dos inquiridos, pernoitar num hotel é seguro, e apenas 26% se sentem algo inseguros, sendo os mais velhos, dos 66 aos 74 anos, os mais receosos.

Este estudo decorreu online e inquiriu 1002 portugueses.

A pensar nas diferentes perspetivas dos portugueses em relação às suas férias de verão, a DECO PROTESTE criou uma plataforma para que os consumidores possam planear as suas férias com sugestões, receitas e várias dicas, tanto para quem vai ficar em casa como para quem irá visitar outras cidades ou até mesmo outros países.

[imagem © Nubia Navarro, Pexels]

 

   

Leia também