Mafra | Câmara concede subsídios a Igrejas, clubes desportivos, associações de moradores e IPSS’s

PUB

Em plena pandemia global e local, num dos concelhos, infelizmente mais acossados pela covid-19, entidades com atividades tão diferentes como clubes desportivos, associações de moradores, IPSS’s e igrejas do rito católico apostólico romano foram beneficiadas por subsídios atribuídos pela Câmara Municipal de Mafra (CMM).

Para a igreja paroquial da Freguesia de Nossa Senhora da Oliveira de Sobral da Abelheira (como é referida em documento oficial da CMM), destinado à consolidação de azulejos dos altares laterais, para restauro da teia (balaustrada) e da imagem de Nossa Senhora da Oliveira e para o douramento dos quatro castiçais de altar foi atribuído um subsídio de 10.000€ (dez mil euros).

Para a igreja paroquial da Freguesia de São Pedro dos Grilhões da Azueira (como é referida em documento oficial da CMM), que devido à “escassa utilização, a par do decorrer dos anos e da vetustez do edifício contribuíram para a deterioração do mesmo” tendo em conta que “apesar das diligências efetuadas para angariação de fundos, não lhes foi possível reunir as verbas necessárias, tendo solicitado o apoio da Câmara Municipal” foi atribuído um subsídio de 16 500€ (dezasseis mil e quinhentos euros).

Para a Associação Cultural e Desportiva do Milharado, que mantém a Escola de Ciclismo Manuel Martins, com 48 atletas, entre os 5 e os 22 anos foi atribuído um subsídio de 8 000€ (oito mil euros).

À Associação de Moradores de Ribamar, que pretende adquirir novos equipamentos foi atribuído um subsídio de  1 200€ (mil e duzentos euros).

Foram ainda atribuídos subsídios extraordinários, temporários e transitórios às Instituições Particulares de Solidariedade Social do Concelho de Mafra, para que possam atender ao agravamento da situação epidemiológica e à semelhança do que já tinha ocorrido em 7 de abril de 2020 e em 22/5/2020 foi agora atribuído um novo apoio financeiro extraordinário no valor total de 153.450 € (cento e cinquenta e três mil quatrocentos e cinquenta euros).

Leia também