Projeto de Instalação do Museu da Música no Palácio Nacional de Mafra já foi atribuído

O júri encarregue de avaliar os 17 projetos de instalação do Museu Nacional da Música no Palácio Nacional de Mafra decidiu atribuir a responsabilidade da execução da referida instalação, à parceria concorrente constituída por Site Specific Arquitetura, Lda. e por P06 Atelier, Ambiente e Comunicação Lda.

O júri deste concurso teve por presidente o Arquiteto Luís Soromenho Marreiros (DGPC) e por vogais, a Arquiteta Soraya de Fátima Mira Godinho Monteiro Genin (Câmara Municipal de Mafra), a Arquiteta Inês Vieira da Silva (Ordem dos Arquitetos), Graça Maria Mendes Pinto de Drummond Ludovice (Museu Nacional da Música) e Sérgio Gorjão (Palácio Nacional de Mafra).

Segundo a Câmara Municipal de Mafra, o projeto vencedor “visa deixar os valores patrimoniais do edifício, devidamente restaurados, focalizando a atenção na narrativa e na coleção do MNM. O projeto expositivo materializa-se numa estrutura de madeira que se estende e evolui pelo espaço expositivo procurando dar resposta aos diversos requisitos programáticos e técnicos tirando partido da sua leveza e elegância para desenhar dispositivos expositivos, áreas interativas, zonas de conforto e contemplação ou simplesmente áreas técnicas de suporte ao museu”. No que se refere à visitação, pretende-se proporcionar uma “circulação nos dois sentidos, sem repetição, e o seu atravessamento, permitindo tirar partido tanto da experiência do Museu da Música como da contemplação das magníficas salas do Palácio. Com grandes superfícies envidraçadas e de estrutura minimalista procuram mediar a escala do edifício e dos instrumentos e permitem ao olhar do visitante um diálogo entre o primeiro plano dos instrumentos históricos e o fundo, o palácio do séc. XVIII

A este projeto foram atribuídos 10 000 euros, correspondentes ao 1º prémio doe concurso. A parceria vencedora irá agora elaborar o projeto final, orçado em 222 875,45 €, mais IVA.

A Site Specific Arquitetura, Lda é uma empresa de arquitetura fundada em 2011, sediada em Lisboa, tendo vários contratos firmados com entidades públicas. A empresa foi constituída por Patrícia Marques, Licenciada em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa em 1999 e por Paulo Costa, Licenciado pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa, em 1998.

P06 Atelier, Ambiente e Comunicação Lda. iniciou a sua atividade em 2006, sediada em Lisboa, tendo vários contratos firmados com entidades públicas. A empresa foi fundada Nuno Gusmão, Estela Estanislau, Pedro Anjos e Catarina Carreira, este atelier que colabora habitualmente com arquitetos, paisagistas e engenheiros na execução de projetos.

Pode consultar aqui os detalhes da encomenda e os critérios de seleção do concurso.

Leia também

Deixe um comentário