Tapada de Mafra | Outono tempo da brama e dos rituais de acasalamento (visitas)

PUB

Nesta altura do ano e com a chegada do Outono, chega também a época do ritual de acasalamento dos veados, é a altura da brama.

“Os machos tornam-se mais facilmente observáveis, deslocando-se de forma energética entre territórios, tentando dar nas vistas. Ao cair da noite e ao amanhecer bramam em tom altivo para atrair as fêmeas e afastar os outros machos. Marcam os seus territórios deixando golpes fundos que fazem com o bater das hastes em jovens pinheiros bravos, sinalizando com toda a sua força, a sua dominância. (…) os machos lutam entre si. Ao chocarem, encaixam as hastes uns nos outros, sendo vencedor o que empurrar mais. Estes comportamentos servem para defender ou reclamar novos territórios e para atrair as fêmeas”.
Tapada Nacional de Mafra

Pelo tom da brama, mais grave ou mais aguda, os machos percebem a corpulência do seu adversário pelo tom da brama, mais grave ou mais aguda, avaliando assim se vale ou não a pena desafiarem o rival.

A época da brama dura cerca de um mês, mês no qual as lutas e a pouca alimentação deixam os machos bastante enfraquecidos.

A visita irá ocorrer “sob a capa das estrela” e será possível “descobrir as sensações; os cheiros e os sons da noite, os animais noturnos da Tapada, a brama e os rituais de acasalamento” (…) haverá ainda tempo para um chá com acompanhamento doce para reforçar as capacidades para a caminhada ainda que parte da visita será feita em carro elétrico”.

Datas: 18 e 19 de setembro
Hora: 20h00
Local de encontro: portão principal da Tapada Nacional de Mafra

Duração: entre as 2h30 a 3h00

O número de vagas são limitadas.

Adquira (aqui) os seus bilhetes.

Nota: Uso de máscara obrigatório durante a atividade.

Leia também