Perímetro da Serra de Sintra encerrado até 21 de julho

Sintra câmara municipal

PUB

Em comunicado, a Câmara Municipal de Sintra informa que foi determinada “a interdição do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra até às 23h59 de 21 de julho, prolongando a interdição imposta desde 17 de julho e que terminava este domingo às 23h59 “.

Até às 23h59 de 21 de julho, no perímetro da Serra de Sintra, estará em vigor a “proibição de acesso, circulação e permanência no seu interior”.

Esta situação será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo por isso a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

A CMS explicita assim as razões que estão na base desta decisão:

  • Foi declarada a SITUAÇÃO DE ALERTA FACE AO RISCO DE INCÊNDIO RURAL. A Situação de Alerta abrange o período compreendido entre as 00h00 horas do dia 17 de julho e as 23h59 horas do dia 21 de julho.
  • Está em vigor o Estado de Alerta Especial;
  • Estamos no Período Crítico de Incêndios Rurais (até ao dia 30 de setembro);
  • O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para o dia:

20 de julho | Temperaturas entre os 17,1 graus (mínima) e os 27,6 graus (máxima), com um nível de humidade relativa entre 51.8 % (mínima) e os 96.1 % (máxima) Vento Moderado – Norte;
21 de julho | Temperaturas entre os 16,6 graus (mínima) e os 27,5 graus (máxima), com um nível de humidade relativa entre 50,9 % (mínima) e os 87.9 % (máxima) Vento Moderado – Norte.

  • Estão reunidas as condições para que sejam fechadas as cancelas, sem dependência de prévia determinação ou Despacho, uma vez que o IPMA prevê o Risco de Incêndio Elevado (Proposta n.º 279 P/2020 de 28 de abril);
  • Estão conjugadas as condições meteorológicas, segundo a metodologia aprovada pela Câmara Municipal de Sintra por unanimidade, que implicam acionar a interdição de trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra;
  • O Grupo de Risco ter dado parecer favorável, por unanimidade, à interdição de trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra;
  • Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  • Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

Continuam, no entanto, a poder circular veículos de moradores e de empresas aí sediadas, veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

Leia também