Sintra | PSP detém 3 pessoas em festas na via pública durante Estado de Emergência

A Divisão Policial de Sintra deteve esta semana 2 homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 20 e os 26 anos, por serem suspeitos da “prática do crime de desobediência, após terem sido notificados da necessidade de recolha por incumprimento das medidas impostas pelo Estado de Emergência”.

Tudo começou pelas 19h00 de dia 5 de abril, no Cacém, quando os polícias se depararam “com uma festa na via pública, com cerca de 30 jovens em ajuntamento, em situação de desobediência ao dever geral de recolhimento domiciliário e a consumir bebidas alcoólicas”. Neste contexto foram identificadas e notificadas 5 jovens para que se deslocassem para o seu domicílio.

Às 22h15 “os mesmos polícias foram novamente acionados para uma ocorrência, da mesma índole e com o mesmo grupo de jovens, mas noutra localização”. Com a chegada da PSP os jovens puseram-se em fuga, tendo os agentes conseguido “intercetar um dos mesmos, que já tinha sido notificado na festa das 19h00”. O jovem foi detido por desobediência, ao abrigo do previsto no Estado de emergência.

Nova ocorrência para uma festa a decorrer na via pública registada às 23h50. Desta vez “com reforço dos meios policiais, os polícias verificaram que se tratava do mesmo grupo de jovens das duas situações anteriores”. Mais uma vez, os jovens se colocarem em fuga tendo desta vez “arremessaram pedras da calçada contra os polícias”. Foi detido um dos jovens por “tentativa de agressão aos polícias”.

Na madrugada de dia 6 de abril, às 02h00, os agentes foram novamente chamados por “ruído causado na via pública”. Desta vez eram cinco os indivíduos que se encontravam “em convívio, desrespeitando as determinações inerentes ao Estado de Emergência”. Foi detida “uma mulher pelo crime de desobediência, uma vez que a mesma para além de ter sido notificada na primeira festa às 19h00 do dia anterior, também se encontrava na segunda ocorrência referente ao apedrejamento dos polícias”.

   

Leia também