Regresso às aulas previsto para 04 de maio

“Há uma coisa que sabemos, a data limite para que o calendário escolar, designadamente do ensino secundário, possa ser cumprido com a maior normalidade possível é o ensino presencial começar a 04 de maio. Esse é digamos o limite para que possa tudo decorrer de forma normal”, afirmou o primeiro-ministro em entrevista.

Apesar de estar em cima da mesa um recomeço das aulas presenciais no limite a 04 de maio, António Costa referiu ainda que nada está ainda decidido pelo que o governo vai “acompanhando dia a dia a evolução [da covid-19 em Portugal]. Não podemos desarmar e temos de ir medindo. Por isso, fixámos o próximo dia 09 para tomar uma decisão [sobre a reabertura do ano letivo] com a informação que na altura estiver disponível e com o horizonte que for possível alcançar”.

Para o Primeiro Ministro o importante é “conseguir terminar este ano letivo da forma mais justa, equitativa e mais normalizada possível”.

   

Leia também