Roteiro de Viagem | Argentina

Roteiro de Viagem: Argentina

 

A Argentina, em área territorial, é o 8º maior país do mundo, o 2º maior país da América do Sul e o maior entre as nações de língua espanhola.
O pais é constituído por uma federação de 23 províncias e uma cidade autónoma, Buenos Aires-
A Argentina que para além das montanhas dos Andes, lagos glaciais e pradarias é também conhecido pelo tango.

“O território argentino é dividido em seis principais regiões. Os Pampas são as planícies férteis localizadas no centro e no Leste. A Mesopotâmia é uma planície delimitada pelos rios Paraná e Uruguai, e o Gran Chaco localiza-se entre a Mesopotâmia e os Andes. O Cuyo está no lado leste dos Andes, e o noroeste argentino fica no Norte. A Patagónia é um grande planalto localizado ao sul do país.
O ponto mais alto acima do nível do mar é o Monte Aconcágua, na província de Mendoza, com 6.959 metros de altura, sendo considerado também o ponto mais alto do hemisfério sul e do mundo ocidental. O ponto continental mais ocidental é o Parque Nacional Perito Moreno, província de Santa Cruz. O ponto mais setentrional está na confluência dos rios San Juan e Mojinete na província de Jujuy, e o mais ao sul é o Cabo San Pío, Terra do Fogo.”

Localização: Situa-se entre a cordilheira dos Andes a oeste e o oceano Atlântico, a leste. Faz fronteira com Paraguai e Bolívia ao norte, Brasil e Uruguai a nordeste e com o Chile a oeste e sul.

Capital: Buenos Aires

Língua: A língua oficial é o castelhano

Habitantes:43 590 368 hab

Área Total: 2 780 400 km²

Religião: A Constituição garante a liberdade de religião, mas também afirma em seu artigo 2 que “o Governo Federal apoia a religião Católica Apostólica Romana”

Fuso horário: UTC−3

Moeda:Peso Argentino (ARS)
São aceites os cartões de crédito reconhecidos internacionalmente como, por exemplo, American Express, Diners, Master Card ou Visa. Existe uma numerosa rede de caixas ATM.

Corrente elétrica: 220 volts, 50 Hz
Tomadas tipo: C, I

Clima: Temperado. As estações estão diametralmente opostas em relação a Portugal.
Na área da capital, o clima é temperado, com quatro estações, semelhante ao de Lisboa, embora o Inverno tenda a ser mais frio e o Verão mais quente e húmido. Dada a extensão do país, registam-se grandes variações climáticas entre regiões, com temperaturas mais altas no Norte e muito mais baixas no Sul ou nas montanhas andinas.

 

 

Segurança: As condições de segurança são razoáveis.
É recomendável a adoção de algumas precauções por parte de quem viaja para a Argentina. Recomendam-se as seguintes precauções:
– não circular com elevadas quantias em dinheiro ou com objectos cujo valor possa chamar a atenção, em particular nas áreas de maior afluxo turístico;
– circular munido de cópias dos documentos de identificação, guardando os originais no cofre do hotel ou, pelo menos, evitar circular simultaneamente com os dois principais documentos de identificação (bilhete de identidade / cartão do cidadão e passaporte);
– evitar circular a pé durante a noite em locais com reduzido movimento e tomar autocarros à noite. Para deslocações poderá utilizar táxis ou “rádio táxis”, facilmente disponíveis e mais seguros;
– não perder de vista malas e sacos mesmo que por momentos. Tem-se assistido a um aumento de roubos em que se criam distrações para que os turistas não se apercebam da ação de um outro elemento que tem como tarefa furtar os bens.

Saúde: É aconselhável fazer um seguro de saúde antes de viajar.
Para quem decidir visitar zonas onde o dengue é endémico (províncias do norte da Argentina), recomenda-se o uso de substâncias repelentes e de roupa clara que cubra a pele, bem como estar atento aos primeiros sintomas da doença – febres altas, dores de cabeça, musculares ou das articulações, erupções na pele, náuseas, ou cansaço intenso.
Os riscos de propagação da doença declinam com as temperaturas.
Não é exigido qualquer certificado de vacinação, excepto contra a cólera e a febre-amarela aos passageiros procedentes de países onde aquelas doenças sejam endémicas.
Desaconselha-se o consumo de alimentos adquiridos a vendedores ambulantes.

Telecomunicações:A rede telefónica local é de boa qualidade. Existem várias empresas de serviços de comunicação por telemóvel.
Na cidade de Buenos Aires existem também, para além dos “cyber-cafés” em quantidade apreciável, “locutórios” com serviço telefónico internacional e de acesso à Internet.
Os viajantes portugueses deverão consultar, antes da sua deslocação, a empresa portuguesa prestadora de serviço telemóvel. Normalmente os telefones móveis “triband” portugueses têm “roaming” na Argentina.

Números telefónicos de emergência:
– Polícia: 101 / 911;
– Bombeiros: 100;
– Emergência Médica: 107.

Para viajar para a Croácia é necessário:
– Passaporte com validade mínima de 6 meses
– Regime de vistos: Isenção de visto para permanências não superiores a 90 dias.

Existe um apertado controlo de segurança nos aeroportos, portos e fronteiras terrestres que têm provocado a detenção de cidadãos argentinos e estrangeiros que se preparavam para abandonar a Argentina transportando droga.

Na lista do Património Mundial a Argentina conta com os seguintes locais:
-Los Glaciares (1981)
-Missões Jesuíticas dos Guarani: San Ignacio Miní, Santa Ana, Nossa Senhora de Loreto e Santa María Mayor (Argentina), Ruínas de São Miguel das Missões (Brasil) (1983, 1984) (sítio transfronteiriço com o Brasil)
-Parque Nacional do Iguaçu (Argentina) (1984)
-Caverna das Mãos, Rio Pinturas (1999)
-Península Valdés (1999)
-Parques Naturais de Ischigualasto e Talampaya (2000)
-Bairro Jesuíta e Estâncias de Córdoba (2000)
-Quebrada de Humahuaca (2003)
-Obra arquitetónica de Le Corbusier (2016) (sítio internacional com Alemanha, Bélgica, França, Índia, Japão e Suíça)
– Parque Nacional Los Alerces (2017)

 

Artigos Relacionados