Judo | Grupo Recreativo Gonçalvinhense fez o balanço de 2019

A secção de judo do Grupo Recreativo Gonçalvinhense (GRG) fez recentemente o balanço da sua atividade no último ano.

Em 2019, o GRG esteve presente em 38 competições, particulares, associativas, nacionais e internacionais, organizou o II Torneio de Judo Infantil no qual participaram mais de 200 atletas e viu revalidada a sua certificação da Bandeira da Ética – sendo, até ao momento, o único clube a alcançar esta distinção.

A nível internacional estiveram em Espanha, Croácia e na Rússia, em Taças da Europa e em Provas Internacionais, para além da Taça da Europa de Cadetes, realizada em Coimbra.

Os judocas do GRG participaram ainda em 12 estágios técnicos e de competição e em 9 treinos extraordinários, para além dos realizados semanalmente nas instalações do clube.

Organizaram ações de formação creditadas pelo IPDJ, I.P. para a formação de treinadores desportivos, e os seus treinadores participaram também em ações de formação.

Estabeleceram protocolos com várias escolas e ginásios.

A secção de judo do GRG destacou alguns dos melhores resultados desportivos de 2019:

  • Alexandre Sacavém – Vice-campeão nacional de Juvenis;
    ……
  • Guilherme Silva – Medalha de bronze nos Torneios de Vigo e Avilés, em Espanha, para além do 7º lugar no Nacional de Cadetes e 9º lugar no Nacional de Juniores;
    ……
  • Iuri Correia e Carolina Sacavém com 7º Lugar no Nacional de Cadetes;
    ……
  • Vasco Moura e Tiago Vistas com 9º lugar no nacional de Cadetes e Juvenis respectivamente.

Para além dos resultados individuais destacou-se a participação no Nacional de Equipas Juvenis, Cadetes e Juniores masculinos, com um brilhante 7º lugar no escalão de Juvenis.

O GRG pretendia terminar 2019 com 100 atletas federados, sendo que faltaram apenas 4 para fechar o ano com este objetivo atingido.

A fechar o ano e já a preparar o próximo, 6 dos judocas do clube estiveram no Estágio Budo Spirit 2019, em Ferreira do Zêzere. Contam com um elemento a terminar o Curso de Treinador de grau I, que depois do estágio aumentará para cinco o número de treinadores com habilitação própria para ministrar treinos de Judo” no clube.

5 dos seus atletas estiveram presentes nos Exames Associativos de Graduações para 1ºDan promovido pela Associação Distrital de Judo de Lisboa, 3 dos quais foram aprovados, aumentando para 17 os cintos negros afetos a este clube.

[Imagem: GRG]

Artigos Relacionados