Torres Vedras | GNR apreende 11 animais por suspeita de brucelose

Foram apreendidos, pelo Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Torres Vedras, 11 animais por suspeita de brucelose, na localidade de Torres Vedras.

A apreensão ocorreu no decurso de uma ação de fiscalização, com a colaboração da Direção-Geral de Alimentação Veterinária, a uma exploração pecuária na qual os “animais não possuíam qualquer tipo de identificação, nem a declaração de existência atualizada”.
No decorrer das diligencias e com recurso a um teste sorológico oficial de pesquisa de brucelose foram identificados 11 animais com esta doença.

Da operação resultou a não só a apreensão dos animais, mas também no “sequestro sanitário da exploração pecuária” isto é a “aceitação do cumprimento de determinadas medidas sanitárias”. Foi ainda “identificado um homem com 55 anos, e elaborado dois autos de contraordenação por não existir declaração de existência atualizada e não identificação dos animais, punível com coima até 3 740 euros”.

De lembrar que a brucelose pode ser transmitir aos seres humanos através do contacto da pele, sangue ou urina, por exemplo, e/ou pela ingestão de leite cru e os seus derivados, tratando-se, assim, de uma situação que pode pôr em causa a saúde pública.

[Imagem: GNR]

Artigos Relacionados