GNR || Operação Floresta Segura 2019 – 6 014 crimes de incêndio florestal

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup]

GNR || Operação Floresta Segura 2019 – 6 014 crimes de incêndio florestal

 

Entre 15 de janeiro e até ao dia 6 de dezembro, a GNR está a realizar em todo o território macional, a operação “Floresta Segura 2019”.

“Desde o dia 15 de janeiro, até ao dia 10 de outubro, data em que terminou o período crítico do Sistema de Defesa da Floresta contra Incêndios, a GNR já realizou cerca de 6 200 ações de sensibilização, alcançando mais de 122 mil pessoas, com o objetivo de alertar para a importância de um conjunto de procedimentos preventivos a adotar, nomeadamente, sobre o uso do fogo, a limpeza e remoção de matos e a manutenção das faixas de gestão de combustível. Estas ações privilegiaram o contacto pessoal, através de iniciativas em sala, dirigidas a autarcas, produtores florestais, comunidade escolar, agricultores, associações e população em geral”.

A GNR efetuou este ano, cerca de 50 700 patrulhas, elaborou 337 autos de notícia por contraordenação, devido à falta de gestão de combustível (limpeza de terrenos), tendo ainda registado 854 autos de notícia por contraordenação por incumprimentos das normas para a realização de queimas e queimadas.

“Desde o arranque da operação, até ao dia 10 de outubro, a GNR registou 6 014 crimes de incêndio florestal, tendo resultado na detenção de 54 pessoas e na identificação de outras 535.

Segundo a GNR, “a proteção de pessoas e bens, no âmbito dos incêndios rurais, vai continuar a assumir-se como uma das prioridades da GNR, sustentada numa atuação preventiva, com o envolvimento de toda a população e demais entidades públicas e privadas, facto que permitiu, em 2018, comparativamente com 2017, reduzir em 40% as ocorrências de incêndio e a área ardida em mais de 92%“.

Artigos Relacionados