Forte de Peniche | Jornadas Europeias do Património e comemoração dos 100 000 visitantes

Forte de Peniche | Jornadas Europeias do Património e comemoração dos 100 000 visitantes

 

Símbolo de resistência durante os anos da ditadura, o Forte de Peniche, onde está a ser instalado o Museu Nacional Resistência e Liberdade, será amanhã palco do início das Jornadas Europeias do Património, celebrando ainda os 100 mil visitantes desde a sua reabertura ao público sob a tutela da DGPC (Direção Geral do Património Cultural).

No programa das comemorações dá-se especial destaque ao lançamento do Roteiro “Casas de Peniche – Solidariedade, Repressão e Resistência”, que tem a sua primeira edição amanhã, dia 27, às 10:00. Informa ainda a DGPC que  “às 12:00 uma cerimónia dedicada a celebrar os 100 mil visitantes, com a presença da Diretora-Geral do Património Cultural, Paula Silva, e de membros da Comissão de Instalação dos Conteúdos e da Apresentação Museológica (CICAM), entre eles Domingos Abrantes, Fernando Rosas e Manuela Bernardino”.

 

Sobre o Roteiro “Casas de Peniche – Solidariedade, Repressão e Resistência”:

Este Roteiro é a primeira fase de um projeto de Educação Patrimonial e Educação para a Cidadania que visa o mapeamento, inventário e musealização dos Lugares de Memória associados à Solidariedade da população de Peniche com os presos políticos, a repressão fascista e a resistência ao regime.

Ponto de encontro: receção do MNRL.

Grupos: mínimo 10 e máximo 15 participantes.

Contacto: geral@mnrl.dgpc.pt

 

Sobre as Jornadas Europeias do Património:

As Jornadas Europeias do Património Cultural (JEP), que este ano se realizam nos dias 27, 28 e 29 de setembro, dedicadas ao tema Artes Património e Lazer, vão ser celebradas em 173 concelhos de todo o país, num total de mais de 1.400 atividades que deverão alcançar um público estimado de 250 mil pessoas.

A pesquisa de atividades por concelho está disponível em Jornadas Europeias do Património 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados