Torres Vedras | Bombeiro detido por suspeita de atear fogos no concelho durante o último ano e meio

Torres Vedras | Bombeiro detido por suspeita de atear fogos no concelho durante o último ano e meio

 

Um bombeiro com cerca de 40, da secção da Silveira dos Bombeiros de Torres Vedras, foi esta semana detido, por recaírem sobre ele suspeitas de, durante o último ano e meio ter ateado fogos no concelho de Torres Vedras.

Residente no concelho, em Povoa de Além, freguesia de A-dos-Cunhados, era bombeiro há mais de 20 anos, mas apenas há 3 estava em Torres Vedras. Foi o seu comportamento que levou às suspeitas, tendo o comando dos bombeiros de Torres Vedras e a PJ iniciado investigações de modo a averiguar essas suspeitas.

Relativamente à detenção deste homem, Fernando Barão, comandante dos Bombeiros de Torres Vedras, declarou à rádio ONfm, que “infelizmente não é grande surpresa para nós” uma vez que existiram alguns incêndios que “ocorreram junto à habitação desse bombeiro” e “nós fomos os primeiros a estranhar, que ele é que chamava sempre os bombeiros, ele estava sempre no local. O que encaixava num perfil muito estranho”.

Já no ano passado, o comando tinha falado com este individuo sobre as suspeitas em questão, mas o mesmo terá desmentido veementemente este comportamento que lhe era imputado.

O culminar desta situação ocorreu há 2 dias, quando o bombeiro “pediu para sair do quartel para ir a casa de um familiar, regressa ao fim de 5 minutos e nesses 5 minutos aparece logo uma pessoa no quartel da Silveira a dizer que havia um incêndio ali próximo”. A GNR e a PJ iniciaram de imediato as investigações e acabaram por deter o bombeiro.

Finalmente, Fernando Barão refere que lamenta profundamente esta situação, situação que criou alguma instabilidade no corpo de bombeiros, o que segundo o comandante “gerou um espírito de revolta do pessoal“ uma vez que este individuo estava na cooperação há apenas 3 anos, acabando por “por em causa o nome de todos os que diariamente prestam serviços à comunidade do concelho”.

O homem terá sido presente a tribunal na tarde de hoje.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados