Venda do Pinheiro || Festival Sete Sóis Sete Luas [Imagens]

Venda do Pinheiro recebeu a edição deste ano do Festival Sete Sóis Sete Luas [Imagens]

Este fim de semana o Festival Sete Sóis Sete Luas que se inspira “nos protagonistas de “Memorial do Convento”, Baltazar Sete Sóis e Blimunda Sete Luas, os criadores da máquina voadora Passarola – que é usada como símbolo do evento por evocar o sonho e a liberdade” e que percorre todo os anos várias vilas e cidades, passou este ano pela Venda do Pinheiro.

Esta tarde os sons de Cabo Verde passaram pelo palco instalado no Parque Intermodal Venda do Pinheiro com a Brava7LuasBand.

Brava7LuasBand são uma produção original do Festival Sete Sois Sete Luas, constituída por 5 músicos, a cantora Rosa Borges, Carlos Lobo no cavaquinho, Zeca Barbosa na bateria, Zé Duarte na guitarra, Isaque Delgado no baixo, oriundo da Ilha da Brava, em Cabo Verde.
O repertório deste grupo passa pelas “mornas e pela poesia de Eugénio Tavares, utilizando o crioulo, que confere aos temas uma emoção especial e harmoniza músicas tradicionais, composições originais e novos arranjos inspirados na cultura da ilha da Brava“.

O Festival contou ainda com uma exposição/instalação fotográfica ao ar livre “Hardware+Software=Burros” do italiano Oliviero Toscani.

 

O jornal de Mafra passou por lá hoje ao final da tarde. A afluência de público era muito reduzida, embora estivessem presentes muitos políticos locais da maioria. O parque ecológico (embora com muita água estagnada esverdeada e alguma água corrente acastanhada) não nos pareceu, hoje, pelo menos, muito fadado para este tipo de festivais.

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados