Sintra I Ciclo de música “Reencontros – Memórias Musicais no Palácio de Sintra”

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup]

Ciclo de música “Reencontros – Memórias Musicais no Palácio de Sintra”

 

No próximo sábado regressa ao Palácio de Sintra o ciclo de música “Reencontros”.

Nesta edição vão realizar-se 4 concertos, um em cada sábado do mês de maio, que segundo a organização serão “concertos verdadeiramente imperdíveis, seja pelos programas propostos, seja pela imensa qualidade dos intérpretes”.

Datas: 4, 11, 18 e 25
Hora: 21h30
Local: Sala dos Cisnes

 

O programa é o seguinte:

04 de maio
Ensemble La Fenice / Jean Tubéry (direção)
Giovanni e Andrea Gabrieli – música veneziana do séc. XVI

De olhos fechados e ouvidos bem abertos, levados pela música intemporal de Giovanni e Andrea Gabrieli, convidamos-vos a atravessar o grande pórtico da Basílica de São Marcos, onde ouviremos, sob a sua cúpula dourada, a música da Veneza dos Doges, num programa especialmente concebido para a Sala dos Cisnes.

Com o apoio do Institut Français Portugal

 

11 de maio

Ensemble Clément Janequin / Dominique Visse (direção)
Clément Janequin e seus contemporâneos – polifonia do séc. XVI

“Mousse & Pampre”
La dive bouteille et le divin plisson
Bacchus & Cupidon
Beber, celebrar, beber, caçar, beber mais, seduzir (ou descarado deboche) eram os prazeres sensuais da corte renascentista. Porém, existiam também outros prazeres mais subtis e intelectuais: a música, a dança, a comédia, a poesia, e o amor pela inteligência e a imaginação – aquilo a que um português do século XVI chamaria de capricho ou fantasia. Este programa oferece um banquete destes prazeres sensuais e intelectuais, chansons programáticas ricamente descritivas e evocativas.

 

18 de maio

Ensemble Arte Musica / Francesco Cera (direção)
Claudio Monteverdi & Sigismondo d’India

“Recitar Cantando”
O florescimento da música vocal a solo na Itália do início do século XVII esteve estritamente ligado com a poesia da corte. O principal objetivo de um compositor era expressar, da forma mais realista possível, o sentido íntimo das letras das canções por meio de uma voz a solo acompanhada por basso contínuo, o que originou a expressão “Recitar Cantando”. Neste programa, apresentamos as obras mais inspiradas e influentes deste género produzidas por dois compositores notáveis desse tempo: Sigismondo d’India e Claudio Monteverdi.

 

25 de maio

Marco Beasley (tenor) / Fabio Accurso (alaúde) / Stefano Rocco (arquialaúde e guitarra barroca) / Leonardo Massa (colascione) /Vito de Lorenzi (tambores) / Lieselotte Volckaert (dança)
De Apúlia a Nápoles – temas tradicionais do séc. XVI

Sul
Do coração da civilização mediterrânea, surge-nos a voz forte e incorrompida da tradição das terras banhadas pelo mar que eram ricas e sábias quando Roma ainda não passava de uma aldeia pastoril. A música e o mistério do som primordial.

 

Informações úteis:
Destinatários: M/6
Preço de bilhete por concerto: 15€
Preço de Bilhete Ciclo (4 concertos): 51€
Capacidade da Sala dos Cisnes: 160 lugares

Após o início do espetáculo, apenas no intervalo será permitida a entrada na sala. Poderá haver concertos sem intervalo.
Falta de comparência ou atraso não dão direito a reembolso do valor do bilhete.

 

Artigos Relacionados