Sintra | homem detido por burla qualificada

Foi detido em Queluz, no final da semana passada, um homem, com 37 anos, por sobre este recaírem as suspeitas “da prática de crime de burla informática, falsificação ou contrafacção de documentos, acesso ilegítimo e detenção de arma proibida”.

A detenção ocorreu no seguimento de uma investigação “relacionada com vários movimentos bancários fraudulentos efectuados para a conta de terceiros, bem como pagamentos de serviços associadas a várias empresas, num total de 128.368,45€ (cento e vinte e oito mil, trezentos e sessenta e oito e quarenta e cinco cêntimos) de prejuízo patrimonial para o titular da conta”.

O suspeito, pertence a uma rede que opera a nível nacional e internacional, e foi detido quando “procedia ao levantamento de uma das encomendas por si compradas através da conta da pessoa lesada e utilizando para o efeito documentos de identificação falsificados”.

Foi realizada uma busca domiciliária à residência do suspeito, onde foram apreendidos “diversos objectos utilizados na prática delituosa, nomeadamente: computador, scanner, impressora, diverso material informático, telemóveis, carimbos e vários documentos falsos, entre outros”.

Depois de presente ao Tribunal foi-lhe aplicada a medida de coação de Prisão Preventiva, tendo o detido sido encaminhado para o Estabelecimento Prisional de Caxias.

 

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados

Leave a Comment