Paraquedista português sofre ferimentos ligeiros na República Centro-Africana

Um militar português, paraquedista, da 4ª Força Nacional Destacada Conjunta ao serviço das Nações Unidas na República Centro-Africana, sofreu esta manhã ferimentos “ligeiros num braço após ter sido atingido por um projétil”.

Este acidente aconteceu no “seguimento de confrontos com um grupo armado na região de Bambari, a 400 km a nordeste da capital, Bangui”.

A equipa médica da Força portuguesa, avaliou a situação e o militar “encontra-se bem” e “em situação estável” pelo que se prevê a “permanência na missão”.

O militar “já teve a oportunidade de falar com a família”.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados