Inicia-se hoje a vacinação contra a gripe para a época 2018/2019

Inicia-se hoje, 15 de outubro de 2018, a vacinação contra a gripe. Esta vacina pretende “garantir uma melhor e maior proteção durante o período da epidemia de gripe que, em Portugal, habitualmente, tem início na segunda quinzena de dezembro”.

O Serviço Nacional de Saúde irá disponibilizar para esta época gripal, cerca de 1,4 milhões de doses de vacinas.

Como é habitual, a vacina será gratuita para “os cidadãos com idade igual ou superior a 65 anos, para pessoas residentes ou internadas em instituições, para pessoas com algumas patologias definidas e para os bombeiros, sem necessidade de receita médica ou de pagamento de taxa moderadora”.

A vacinação é a melhor prevenção para a gripe. A gripe é uma doença contagiosa que normalmente tem uma cura espontaneamente mas, “podem ocorrer complicações, particularmente em pessoas com doenças crónicas ou com 65 ou mais anos de idade”.

A Direção-Geral da Saúde recomenda: vacine-se contra a gripe, preferencialmente, até final do ano!

1 – A gripe é uma doença contagiosa que, habitualmente, cura espontaneamente. Mas, podem ocorrer complicações, particularmente em pessoas com doenças crónicas ou com 65 ou mais anos de idade.
2 – A vacinação é a melhor prevenção, sobretudo para as complicações graves.
3 – A vacina deve ser feita, preferencialmente, até final do ano, mas pode ser administrada durante todo o outono e inverno.
4 – A vacina contra a gripe é fortemente recomendada a:

  • Pessoas com idade igual ou superior a 65 anos;
  • Doentes crónicos e imunodeprimidos (a partir dos 6 meses de idade);
  •   Grávidas;
  •   Profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados (ex. em lares de idosos).

5 – A vacina recomenda-se, ainda, às pessoas com idade entre os 60 e os 64 anos.
6 – A vacina é gratuita nos centros de saúde, sem necessidade de declaração médica e sem pagamento de taxa moderadora para:
– Pessoas com 65 ou mais anos;
– Pessoas, independentemente da idade, nas seguintes situações: Diabetes Mellitus, Diálise, Síndroma de Down ou submetidas a Transplante.

7 – A vacina é gratuita nos centros de saúde, com necessidade de declaração médica e sem pagamento de taxa moderadora para:  Pessoas a aguardar Ttransplante, a fazer Quimioterapia, com Fibrose quística, com Défice de alfa-1 antitripsina ou com Doença crónica com compromisso da função respiratória.

8 – A vacina é também gratuita para:
– Profissionais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e Bombeiros com atividade assistencial;
–  Residentes em instituições ou pessoas internadas em unidades do SNS.

9 – No SNS existem cerca de 1,4 milhões de doses de vacinas para administração gratuita.
10 – Há vacinas nas farmácias para os cidadãos não abrangidos pela vacinação gratuita. A vacina é adquirida com receita médica, válida até 31 de dezembro de 2018, e comparticipada a 37%.
11- Para prevenir infeções respiratórias são essenciais também a higiene das mãos e a etiqueta respiratória, como tossir ou espirrar para um lenço descartável ou para o antebraço.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados