Mafra | Programa do Festival Sete Sóis Sete Luas

O Festival Sete Sóis Sete Luas que se inspira “nos protagonistas de “Memorial do Convento”, Baltazar Sete Sóis e Blimunda Sete Luas, os criadores da máquina voadora Passarola – que é usada como símbolo do evento por evocar o sonho e a liberdade” percorre todo os anos várias Vilas e Cidades.

Outros países da bacia do Mediterrâneo, como Grécia, Croácia, Eslovénia, Itália, França, Espanha, Tunísia e Marrocos recebem o Festival Sete Sóis, Sete Luas. Festival que passam ainda por África, Cabo Verde e Brasil. No total são 30 Cidades/ Vilas de 10 Países diferentes que acolhem este evento.

Mafra faz parte do roteiro e já no próximo fim de semana recebe sons de Cabo Verde e Teatro de rua vindo da Catalunha.

O programa é o seguinte:
7 de Setembro (6ª feira)
L’AVALOT (Catalunha): teatro de rua com efeitos pirotécnicos
21h30 – Terreiro D. João V

«Dinomaquia2», Teatro de Rua com fogos e parada
L’Avalot é uma companhia de teatro de rua que realizou o seu primeiro espetáculo em 1985 e a partir desse momento tem conhecido grande êxito, envolvendo milhares de espectadores nas suas performances. As produções artísticas de L’Avalot são de grande formato, com pirotecnia e grandes máquinas. O espetáculo “Incendio!” narra o regresso dos dinossauros, apresentando uma espetacular parada de rua em diferentes pontos da cidade e o “incêndio” de um edifício do centro histórico.

 

8 de Setembro (sábado)
Concerto com Santo Antao Sete Sóis Band (Cabo Verde)
21h30 – Jardim do Cerco

Esta produção original do Festival Sete Sóis Sete Luas conta com a participação de 5 prestigiados músicos da ilha de Santo Antão. O repertório do grupo defende a tradição musical das montanhas da ilha de Santo Antão, uma das mais ricas culturalmente de Cabo Verde, através da recuperação dos temas de trabalho dos camponeses e dos pescadores, utilizando o crioulo, que confere aos temas uma emoção especial. Os 5 músicos, Domingos Lima, Rogério Monteiro, Rui Salomão, Roger dos Santos, John D’Brava foram dirigidos musicalmente pelo mestre italiano Mário Incudine. O repertório da Santo Antão 7Sóis Band harmoniza músicas tradicionais, composições originais e novos arranjos inspirados na rica cultura da ilha de Santo Antão. Um fascinante percurso, que visita a música das montanhas e se nutre duma terra antiga e arcaica, mas que enfrenta também a realidade do nosso tempo.

 

A entrada é gratuita.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados