PAN denuncia falta de condições dos animais alojados na Mata Paroquial da Malveira

O PAN Mafra dá conta de denuncias que lhe chegaram, relativas às condições a que estarão sujeitos os os animais alojados nos espaços da Mata Paroquial da Malveira.

Aquela força política com assento na Assembleia Municipal do concelho de Mafra refere:

“Tomámos conhecimento que o cisne e outras aves vivem em cativeiro. Sem acesso ao lago e possibilidade de expressarem os seus comportamentos naturais. O lago encontra-se praticamente vazio e a pouca água existente encontra se em condições de insalubridade não garantido qualidade de vida aos peixes e tartarugas que nela habitam. Nela boiam variados dejectos, dos quais, plásticos, vidros e latas de conserva.“

O Pan sugeriu à União de freguesias da Malveira e S. Miguel de Alcainça que “[doasse] as aves a outro parque que pudesse permitir que vivam sem ser em cativeiro. Sugerida igualmente a limpeza das águas. Um dos denunciantes refere que só na época da Fexpomalveira o lago é limpo”, mas não terá obtido, até ao momento, qualquer resposta.

 


[Imagens PAN]

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados