Ministro Capoulas Santos vai ser ouvido na Assembleia da República sobre situação da Tapada de Mafra

O grupo parlamentar do PSD propôs que o Ministro da Agricultura, Capoulas Santos, fosse ouvido na Comissão de Agricultura e Mar, devendo responder a questões colocadas pelos deputados, tendo por tema a situação da Tapada Nacional de Mafra. Todas as outras forças políticas aprovaram esta audição, não havendo ainda data firmada para a sua realização.

Recordamos aqui os constantes problemas, litígios laborais e queixas, que têm vindo a público desde que a actual directora da Tapada Nacional de Mafra, Paula Simões, tomou posse. Politicamente, esta situação terá de ser vista, não só no plano técnico e laboral, mas também no plano político, à luz das declarações, algumas delas públicas e incendiárias, do Presidente da Câmara de Mafra, Hélder Silva. À luz também da vontade expressa pela actual gestão da Câmara de Mafra, de assumir a maioria do capital da cooperativa que gere a Tapada de Mafra.

A ter em conta, também, as alterações que ai vêm, no plano das alterações das responsabilidades dos municípios a nível da gestão de monumentos e estruturas nacionais que existam no seu espaço administrativo. As mudanças anunciadas, a verem a luz do dia, funcionarão como uma regionalização encapotada, apontando para um reforço das responsabilidades financeiras e de gestão das autarquias em vários planos – educação, segurança, saúde e cultura, entre outros -, mudanças que reforçarão as intenções da Câmara de Mafra em assumir a gestão, não só da Tapada, mas também do Palácio Nacional de Mafra.

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados