Proposta para classificação da Linha do Elétrico de Sintra como Monumento de Interesse Municipal

Na ultima reunião de Câmara de Sintra foi aprovada, por unanimidade, a proposta de classificação da Linha do Elétrico de Sintra “na totalidade do seu percurso atualmente subsistente, entre Sintra (Estefânia) e a Praia das Maçãs” como Monumento de Interesse Municipal (MIM).

A abertura do presente procedimento de classificação assenta no “seu estado de preservação e das respetivas máquinas, paragens, garagens e bilheteiras, quer pelas memórias que invoca e quer, ainda, pelo seu potencial turístico, um valor histórico-cultural e de exemplaridade inestimável para o Município de Sintra”.

Esta classificação inclui “i as respetivas estruturas de apoio e composições, nomeadamente, o terminal da Ribeira antiga, e composto: por garagem e oficina, esta constituída pela mina e represa; pelo edifício de apoio no Bonzão, correspondente à subestação elétrica; e pelo edifício da bilheteira, sito na Praia das Maçãs”.

A proposta de classificação deve agora ser enviada para análise por parte da DGPC ou da DRC territorialmente competente, que irão apreciar “a presença de todos os elementos requeridos, e seguidamente a sua pertinência do ponto de vista patrimonial, considerando os critérios estabelecidos na legislação” de seguida os serviços procedem “à elaboração de um parecer técnico fundamentado em investigação e pesquisa sobre o bem, de que resultará uma proposta de abertura do procedimento de classificação ou uma proposta de arquivamento”.

O procedimento de classificação deve ser concluído no prazo de 1 ano embora “sempre que estejam em causa conjuntos e sítios este prazo seja prorrogável por mais 1 ano”.

 

[Imagem CMS]

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados