Garrafas de soro, agulhas e outros materiais clínicos estão a dar à Costa

Garrafas de soro, agulhas e outros materiais clínicos não utilizados (uma vez que ainda se encontram selados) tem dado à costa na Zona Oeste, entre Peniche e Santa Cruz.

Falamos com o Capitão do Porto de Peniche, Marco de Serrano Augusto, que nos referiu desconhecer a origem desta carga, podendo, disse, ter origem numa descarga computadorizada, a qual, devido às grandes marés dos últimos dias, terá sido arrojada para terra.

Há cerca de um mês que este material está a dar a costa, tendo aparecido pela 1ª vez na Praia da Cova da Alfarroba em Peniche. Segundo uma fonte da Câmara Municipal de Torres Vedras, na praia de Santa Cruz, estes arrojamentos terão ocorrido nos últimos 2 ou 3 dias.

A quantidade que tem dado à costa não é considerada relevante, pelo que o material está a ser recolhido pelos Municípios afectados, sendo este material colocado apenas no lixo, uma vez não ser perigoso.

Falamos também com o Capitão do Porto de Cascais, Rui Pereira da Terra, que nos informou não ter conhecimento desta situação, pelo que ainda nada de relevante terá acontecido na área entre a Ericeira e Cascais.

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados