A música portuguesa ficou mais pobre, morreu o Zé Pedro dos Xutos & Pontapés

A música portuguesa ficou hoje mais pobre, Zé Pedro morreu em casa, aos 61 anos. José Pedro Amaro dos Santos Reis, Zé Pedro, nasceu em Lisboa a 14 de Setembro de 1956 e é uma das referências do rock nacional.

“Nasci, cresci e decidi viver do rock n’roll, apenas porque ele faz-me viver”

Zé Pedro foi um dos fundadores dos Xutos & Pontapés e enquanto guitarrista colaborou em inúmeros projectos.

Em 2011, o Zé Pedro foi submetido a um transplante de fígado, devido uma hepatite C, doença que teve origem na utilização, noutros tempos,  de drogas duras.

Após o ultimo concerto com os Xutos&Pontapés, Zé Pedro, deixou a mensagem que se segue no seu Facebook:

“… Entrar em qualquer sala com lotação esgotada é maravilhoso. Os Coliseus tem uma magia muito própria e o concerto de ontem foi muito especial.
Como sabem tenho andado na luta da vida com alguns problemas de saúde…
Tentei e tento dar sempre o melhor de mim.
O vosso carinho, o vosso amor, a vossa energia, toda a força que me transmitem é-me tão forte e vital que só posso humildemente agradecer….
Obrigado também a todos os que ontem gritaram o meu nome e fizeram com que tivesse força para continuar naquele palco até ao fim.
Obrigado à Cristina e aos X&P por tudo e por tanto.

Amanhã começo um novo tratamento e garanto que é para GANHAR.
EU SEI LUTAR E ACREDITO. :::”

Para além da música, enquanto interprete de eleição e representante do rock português, nos últimos anos, Zé Pedro dedicou-se a várias causas humanitárias e a acções de luta contra o uso de drogas.

[Imagem FB do artista]

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados

Leave a Comment