6.º Aniversário da Reserva Mundial de Surf da Ericeira

A 14 de Outubro de 2011 o concelho de Mafra passa a fazer parte da história do Surf ao  tornar-se em Reserva Mundial de Surf. A Ericeira foi consagrada pela organização internacional Save the Waves Coalition passando a constituir-se na 2.ª Reserva distinguida a nível mundial, sendo a única na Europa

A “qualidade e a consistência das ondas, a importante história e cultura de surf local, a riqueza e sensibilidade ambiental da área e, ainda, a forte mobilização da comunidade” foram os pilares desta consagração.

A Reserva Mundial de Surf da Ericeira estende-se ao longo de 4 km numa faixa costeira que concentra sete ondas de classe mundial: Pedra Branca, Reef, Ribeira d’Ilhas, Cave, Crazy Left, Coxos e São Lourenço

 

 

Em Junho do ano passado, a Reserva Mundial de Surf da Ericeira ganhou um Centro de Interpretativo. Este projecto, cuja peça fundamental é uma mesa interactiva, com uma maquete topográfica dos 4 km da Reserva de Surf da Ericeira, foi concebido para atrair não só os surfistas e os turistas, mas também a população local.

 

 

Em Março deste ano a reserva ganhou um guardião, o Guardião da Reserva Mundial de Surf da Ericeira.
Sobre a estátua, José Queiroz o seu autor refere que “O surfista apresenta-se como se tivesse sofrido uma transformação anatómica causada pela adaptação ao meio aquático, inspirada pelo próprio movimento da água. Desta forma, assinala-se a extraordinária capacidade de adaptação do Homem, reinventando-se para evoluir”.

 

 

No entanto, em Setembro deste ano o “verniz” estalou quando a Associação Amigos da Baía dos Coxos resolveu retirar o seu apoio à Reserva Mundial de Surf da Ericeira alegando “promessas não cumpridas” por parte da câmara municipal de Mafra.

 

Siga-nos nas redes sociais

Artigos Relacionados