Efeitos adversos em Mafra com vacina da Janssen suspendem modalidade de vacinação “Casa Aberta” em todo o país

 

A task force para a vacinação contra covid-19 anunciou hoje que a modalidade “Casa Aberta” – que permite aos utentes com mais de 40 anos serem vacinados sem marcação prévia – foi suspensa temporariamente.

Esta medida foi tomada depois do Infarmed ter anunciado que está a investigar a qualidade de um determinado lote de vacinas da Janssen, depois de 20 jovens, menores de 30 anos (segundo avança o Observador) terem desmaiado após a toma da vacina no Centro de Vacinação Covid-19 de Mafra.

A Agência Europeia do Medicamento (AAM) referiu ao DN que “não é incomum, em jovens descreverem os efeitos colaterais de síncope ou desmaios, então pode muito bem representar um efeito secundário bem descrito” acrescentando que “é, certamente, algo a verificar”. A AMM admite ainda, poder vir a incluir “desmaios e síncope” na lista de efeitos secundários da vacina da Janssen.

Com a suspensão deste lote de vacinas ficou suspensa a administração de milhares de vacinas (cada lote de vacinas tem milhares de doses), o que levou a Task force a decidir “suspender de imediato a modalidade “casa aberta”, modalidade que “será retomada logo que possível.

De realçar, ainda segundo o Observador, o facto de este lote ter sido distribuído aleatoriamente por todo o país, mas só em Mafra terem ocorrido desmaios.

 

 

 

   

Leia também