Futebol | Presidente e jogadores do CD Mafra chegaram a acordo para jogar depois de 30 de junho

O Mafra ocupa a 4ª posição, com 39 pontos, estando neste momento a apenas a 9 pontos de um dos lugares de subida.

Os contratos dos 19 jogadores que constituem o atual plantel terminam a 30 de junho, mas José Cristo, presidente do clube, revelou à Bola Branca que fez “um acordo com os capitães de equipa e com todos os jogadores onde se comprometeram a jogar até ao fim da época. Se existirem jogos para além do fim do contrato de cada um, faremos outro acordo”, estando assim garantido que “com os jogadores do Mafra não haverá problema nenhum” e que o plantel irá jogar até ao fim da época, mesmo que esta se prolongue pelo o verão.

Em entrevista, Vasco Seabra, treinador do Mafra, referiu que a equipa esteve de férias de 10 a 27 de abril. “tendo [isto] sido acordado com o clube para esta altura, para depois estarmos disponíveis para jogar num período mais à frente. O clube definiu isso e definiu também que, apesar de ser de forma mais faseada, vai pagar tudo aquilo que estava estipulado nos contratos, portanto vamos tentar que as coisas vão andando para a frente”.

Embora o objetivo estipulado para esta época esteja atingido, ou seja, a manutenção na II Liga, a subida ao patamar da 1ª liga do futebol português não está descartada.

Para mim, é fundamental que se jogue até ao fim do campeonato. Quero que os clubes subam ou desçam de divisão pelo que fazem em campo. Faltam dez jogos e queremos fazer um bom campeonato. Já cumprimos o objetivo de não descer de divisão, agora queremos ficar nos nove primeiros. Claro que, se conseguíssemos subir, era ótimo, mas isso nunca foi um objetivo“, adiantou José Cristo.

   

Leia também