Ciclismo | Ciclistas das equipas Torreenses na 1ª e 2ª provas da Taça de Portugal

Decorreram no Velódromo Nacional em Sangalhos a 1ª e 2ª provas da “Taça de Portugal de Omnium” e entre os participantes estiveram os atletas Daniel Dias e Diogo Narciso que se estrearam com a camisola da “Sicasal – Torres Vedras”.

“Os dois jovens de apenas 18, que haviam sido apresentados pela equipa de Torres Vedras no dia anterior, entraram em pista no sábado para disputar a classe elite, enfrentando uma concorrência composta por alguns dos melhores especialistas europeus da modalidade. Os ciclistas acusaram naturalmente o grande impacto competitivo e a falta de rotina na pista, que somada ao cansaço acumulado por uma exigente pré-época na estrada, relegou-os para a 23ª e 24ª posições da classificação final da 1ª prova da Taça de Portugal. (…) na 2ª prova da Taça 2020 realizada no domingo, onde apareceram dois ciclistas da “Sicasal – Torres Vedras” completamente renovados. “ UDO

Daniel Dias classificou-se na 14ª posição no concurso de “omnium”, Diogo Narciso na disciplina de “madison” – na qual fez dupla com Ivo Oliveira, campeão europeu e mundial – tendo alcançado a 5ª posição.

No final da prova os dois ciclistas comentaram a sua participação na prova.

“ontem sentia-me bastante cansado, as pernas não respondiam ao esforço exigido, mas hoje já me senti muito melhor. Consegui o 12.º lugar na disciplina olímpica de omnium e estou bastante satisfeito com o desempenho e agradecido a todos os que me apoiaram na primeira competição pela minha nova equipa”. Diogo Narciso

“foram dois dias de aprendizagem num novo patamar e com um grande nível competitivo. Ontem infelizmente as sensações foram péssimas e não consegui dignificar a camisola que vestia, mas hoje encontrei-me a um nível melhor e já consegui andar na frente com alguns dos melhores pistards da Europa. É o início de uma nova era numa equipa incrível, onde espero conseguir concretizar todos os objetivos coletivos e individuais”. Daniel Dias

Os juniores e Cadetes da Academia Joaquim Agostinho / UDO também estiveram presentes na 1ª e 2ª provas da Taça de Portugal.

O júnior Daniel Gonçalves conquistou o primeiro pódio do ano ao classificar-se na 3ª posição da disciplina olímpica de omnium no “Troféu Alves Barbosa.

Daniel Gonçalves classificou-se ainda no 11º lugar no “scratch” e conquistou ainda um 2º, um 3º e um 4º lugar nas restantes disciplinas. Por seu lado Tiago Costa seguia na 6º lugar à entrada para a última prova, mas acabou por abandonar o exercício por pontos não obtendo classificação final.

Nos cadetes “Afonso Hermenegildo concluiu a disciplina dos 500 mt em 40,2 segundos, menos 2 em relação à prova de sábado, melhorando 7 lugares na classificação. Concluiu no 12º lugar, enquanto o estreante Miguel Malhado foi 16º. Na disciplina de scratch, Rafael Andrade terminou na 13ª posição subindo 5 lugares em relação ao dia anterior, ao passo que David Caixaria, que competiu pela primeira vez em cadetes, alcançou o 16º posto.”No “Troféu Bento Pessoa” “o júnior João Ferreira alcançou um brilhante 6º lugar depois de disputadas as 4 disciplinas do concurso de “omnium”. Na mesma competição assistiu-se à estreia absoluta de Diogo Pinto, com o novo atleta da Academia a terminar na 17ª posição. Os cadetes Rafael Andrade e Miguel Malhado participaram na disciplina de “scratch” concluindo no 18º e 20º posto respetivamente, enquanto David Caixaria (15º) e Afonso Hermenegildo (19º) disputaram a prova dos 500 mt.”

______________________________________________________________________________________________________


PubPUB

Leia também

2 Thoughts to “Ciclismo | Ciclistas das equipas Torreenses na 1ª e 2ª provas da Taça de Portugal”

  1. Luis Vieira

    Boa Noite , tenho muita pena que um “jornal ” que se designa de Mafra , tenha tantas noticias de Torres Vedras e tão poucas de Mafra .
    Este tema é um deles .
    Sim , porque Mafra também teve uma equipa do concelho a disputar as mesmas provas , e para vossa informação , com vários escalões .

    1. O Jornal de Mafra, como se terá apercebido, não é um jornal desportivo. Para além do futebol, nas restantes modalidades “dependemos” dos próprios clubes, que sabendo da apetência do JM para dedicar espaço a outras modalidades, que não o futebol, nos enviam, semanalmente, informação das suas participações em provas desportivas. As equipas do concelho de Mafra ligadas ao ciclismo, não nos enviam qualquer informação acerca da atividade que desenvolvem. É uma opção que respeitamos, naturalmente.

      Finalmente, porque somos uma entidade privada, e não somos, nem queremos ser, subsidiados por seja quem for, guiamos-nos pelos nossos próprios critérios editoriais e estamos, assim, limitados pelos nossos próprios recursos, mas esse é um preço que pagamos com gosto, pela nossa independência.

Comments are closed.