Vamos a Farmácia

 

Montar um Kit de primeiros socorros para ter em casa

É importante ter um Kit de primeiros socorros maior e mais completo em casa. Porém, é comum desorganizarmo-nos e não juntarmos tudo o que necessitamos no mesmo recipiente. E por vezes precisamos de ajuda prática para saber o que pode realmente ser útil ter em casa para a nossa família e constituir o nosso Kit.

 

Mas, afinal para ter um Kit de primeiros socorros em casa, que seja verdadeiramente útil para a nossa família, como devemos começar?

Primeiro, escolha um recipiente apropriado. Para montar um Kit de primeiros socorros em casa é importante escolher um recipiente resistente com tampa, transparente e de grandes dimensões, mas ainda assim de fácil transporte.

Identifique as paredes do Kit com uma caneta de acetato ou cole uma imagem nas suas paredes para que seja facilmente reconhecido.

Explique à sua família o que está dentro do Kit e onde podem encontrá-lo. O recipiente deve estar em casa sempre no mesmo local destinado ao mesmo. De preferência num local fresco e seco (abaixo de 25ºC) e fora do alcance de crianças, embora deva também explicar às suas crianças para que serve, o que contém e onde encontrá-lo.

 

Seguem algumas sugestões de artigos úteis para colocar no seu Kit de forma a prestar primeiros socorros:

 

Quanto aos medicamentos que deve colocar no seu Kit sugiro:

  • Antipiréticos e anti-inflamatórios para controlar a febre e a dor, como por exemplo o paracetamol e o ibuprofeno, em comprimidos ou em xarope, no caso de ter crianças em casa.
  • Anti-histamínicos em comprimidos ou em gotas (para criança) para reacções alérgicas mais extensas.
  • Antiácidos para ajudar com situações pontuais de azia e enfartamento.
  • Creme ou Gel com anti-histamínico ou calamina para aliviar alergias, picadas de insecto ou ligeiras queimaduras solares.
  • Colírio (gotas oftálmicas) lubrificante ou calmante do olho.
  • Água do mar para lavagem nasal e sprays descongestionantes nasais.
  • Medicamentos para tosse seca ou com expectoração (em comprimidos ou xarope).
  • Laxantes e Antidiarreicos.
  • Pomada cicatrizante e com antisséptico.
  • Pomada com antibiótico, por exemplo com ácido fusídico, para determinadas infecções como furúnculos, unhas encravadas já infectadas, etc.

 

No caso de ter em casa doentes crónicos, ou doentes que necessitem de medicação de emergência, é importante colocar uma caixa ou pelo menos um blister de cada medicamento no Kit. Adicionalmente, em situações de doença respiratória faz sentido colocar inaladores de SOS (bombas inalatórias de emergência) no Kit e uma câmara expansora com máscara. Em determinadas famílias, quando as hemorragias nasais são recorrentes, faz sentido colocar também no Kit tampões nasais hemostáticos, para estancar essas hemorragias nasais.

Pode ainda incluir um pequeno livro de primeiros socorros no seu Kit, bem como uma lanterna, ou uma máscara descartável de reanimação (respiração boca-a-boca), repelente de insectos, ou quaisquer outros artigos que considere importantes para a saúde da sua família.

 

Note-se que depois de constituído o Kit de primeiros socorros, o nosso trabalho nunca está terminado!

Com isto refiro-me a verificações esporádicas do Kit para ter a certeza se não é pertinente acrescentar algo mais que faça sentido na sua família e naturalmente para também garantir que substitui os artigos e os medicamentos cujo prazo de validade expirou.

Tenha especial atenção a cremes, pomadas e colírios (gotas oftálmicas), que depois de abertos passam a ter um prazo de validade mais curto. Por exemplo, existem muitos colírios que após abertura têm um prazo de validade de apenas 28 dias.

 

Cuide da sua família! Junte os seus medicamentos e torne os artigos de primeiros socorros mais organizados em sua casa!

 



Pode ler (aqui) os outros artigos de Ana Quintela