OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez (CDU)– Estás em Festa, pá…

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup] Estás em Festa, pá… Prometi dedicar esta crónica à Festa do Avante! mas não posso deixar de começar pelo que me põe doente e talvez depois consiga cheirar o alecrim… O que me põe doente é a criação de Sindicatos mais ou menos “elitistas”, dessolidarizando-se dos irmãos de classe na convicção de que abandonando categorias profissionais ou isolando-se em subsectores podem com isso tirar vantagens. O que me põe doente é que trabalhadores, com reais problemas, sirvam interesses de protagonismo que com a aparência da defesa dos…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez (CDU) – Avançar é preciso!

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup] Avançar é preciso!   Entrou em vigor, em Lisboa, o passe família que representa mais um avanço na redução dos custos dos passes sociais. A CDU foi decisiva para mais este aumento do rendimento disponível das famílias. Nenhum agregado familiar pagará mais de 80 euros por mês com as suas deslocações em transportes público no interior da AML. Uma família com quatro pessoas maiores de 12 anos, em Abril passou a ter um custo com as deslocações de 160 euros, a partir deste mês, Agosto, não pagará…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez – (CDU) – PS não resiste a bajular os Patrões

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup] PS não resiste a bajular os Patrões   Hoje estou indignado. Na última sessão da AR, em matéria laboral andou-se mais para trás que para a frente. A política de direita imperou. A “santa aliança” PS, PSD e CDS aprovaram legislação suporte da precaridade e baixos salários. A precaridade e os baixos salários são os indicadores macroeconómicos responsáveis pelo maior flagelo de que estamos a ser vítimas – a baixa natalidade. É o País com os seus 900 anos de história, com a sua cultura, que está…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez (CDU) – Os compromissos a prazo da CMM, ou como iludir o financiamento de médio e longo prazo.

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup] Os compromissos a prazo da CMM, ou como iludir o financiamento de médio e longo prazo.   Nova conversa entre o Sr. Zé (eu, munícipe de Mafra) e o Sr. Silva (eu, membro da Assembleia Municipal de Mafra) Sr. Zé – Então, Sr. Silva, já se esqueceu da conversa que ficou de ter comigo sobre o pedido de empréstimo para financiamento da remunicipalização dos serviços de água e saneamento? Sr. Silva – Como podia esquecer. O endividamento da Câmara Municipal de Mafra é uma das preocupações da…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez (CDU) – Indemnização à Be Water de 25 Milhões de euros (fora o resto)

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup] Indemnização à Be Water de 25 Milhões de euros (fora o resto)   Hoje a minha crónica vai ter por base a indemnização a pagar pela Câmara Municipal à Be Water para remunicipalizar o serviço público de água e saneamento. Para isso vou por a conversar o sr. Zé (eu, José Martinez da Silva, munícipe de Mafra) com o sr. Silva (eu, José Martinez da Silva, membro da Assembleia Municipal de Mafra). Penso que desta forma poderei ser esclarecedor do que está por detrás desta indemnização e…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez – Os “jogos florais” e o Orçamento Participativo

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup] Os “jogos florais” e o Orçamento Participativo   O poder local democrático é um dos elementos estruturais da democracia. A maior proximidade de Câmaras Municipais e Freguesias aos cidadãos pressupõe que seja um elemento fundamental para a resolução dos problemas dos munícipes. A resolução democrática dos problemas das populações passa pela sua participação activa na resolução desses problemas. A implementação do poder local democrático tem desvirtuado a característica que o distingue como conquista de Abril que  “é a imensa participação popular na variedade dos seus órgãos e…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez – A “europa” do nosso descontentamento…

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup] A “europa” do nosso descontentamento… “Sabia que?   O Banco Central Europeu (BCE) lucrou 7,8 mil milhões de euros entre 2010 e 2018 com dívida portuguesa Só desde 2011 saíram de Portugal 25,8 mil milhões de euros em dividendos pagos ao exteriorA privatização e a entrega ao capital estrangeiro de várias empresas e sectores estratégicos tem custos enormes para Portugal. Desde a adesão ao Euro o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu menos de 1% ao anoDesde a adesão ao Euro aumentou o desemprego de longa duraçãoAumentou 66%…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez – Em Mafra o 25 de Abril também é comemorado

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup] Em Mafra o 25 de Abril também é comemorado   É com profundo pesar que, como autarca, mais uma vez, a autarquia para que fui eleito, “orgulhosamente só”, entre as 18 Câmaras e Assembleias Municipais da Área Metropolitana de Lisboa, não tenha promovido qualquer acto evocativo da efeméride que foi o ponto de partida para a liberdade e democracia em que temos vivido nos últimos 45 anos. Foi no dia 27 de Abril que democratas de Mafra, uns mais satisfeitos com o que tem sido feito com…

Ler mais

Opinião – José Martinez (CDU) – Visita ao Ecoparque da Abrunheira (Tratolixo)

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup] Visita ao Ecoparque da Abrunheira Por me ter sido solicitado pelo Jornal de Mafra passo a registar as minhas conclusões da visita efectuada. No passado dia 12 de Abril, integrei, em representação da CDU, uma delegação da Assembleia Municipal de Mafra que visitou as instalações da Tratolixo para se inteirar das condições de laboração daquela unidade de tratamento de resíduos e em particular entender as causas e possíveis soluções para os odores profundamente desagradáveis produzidos nas instalações. Surpreendentemente os odores no local, não sendo perfume, têm um…

Ler mais

OPINIÃO POLÍTICA | José Martinez – Abril é o meu mês!

[sg_popup id=”24045″ event=”onLoad”][/sg_popup] Abril é o meu mês!   Não, não nasci em Abril. Não sou saudosista, mas não posso deixar de sentir orgulho na minha geração. Depois de 48 anos de fascismo – ditadura que subjugou e oprimiu duramente o povo português, o 25 de Abril, pôs termo a treze anos de guerras coloniais contra povos que também lutavam pela sua liberdade e pela sua independência, 48 anos de luta, uns de forma mais surda, sussurrada, outros de forma mais aberta pagando com a prisão e até com a…

Ler mais